Além do Miss Índia e Miss Universo

Harnaaz-Sandhu-India-Miss-Universo-2021
Harnaaz Sandhu

Como a maioria deve saber, uma bela indiana chamada Harnaaz Sandhu, que já era Miss Índia, foi eleita a Miss Universo esta semana. Não há dúvidas de que as mulheres indianas são belas. Basta dar um pulinho na Índia e entrar em um vagão de trem ou metrô para reparar isso. Elas quase não usam maquiagem no dia a dia e é possível ver a beleza natural. Quem tiver curiosidade, basta dar um pulinho no meu canal (Banjara Soul) para conferir.

Porém, ao ver a indiana sendo coroada esta semana, fiquei pensando: Há tantas mulheres indianas maravilhosas as quais o mundo nem conhece ou se conhece, é um público muito restrito. Mulheres que desafiaram e desafiam tabus, que lutam contra o patriarcado, contra sua própria existência na sociedade. Estas indianas deveriam ser mais faladas e lembradas. Há indianas cientistas, empresárias, doutoras, professoras. Tem aquelas que trabalham em obras e construções, carregando peso e fazendo um trabalho o qual julgamos típico de um homem. Porém aqui, eu quero abordar um certo grupo de mulheres. Mulheres que através de sua escrita, quebraram tabus, levaram conhecimento e beleza ao mundo. As escritoras indianas. Algumas, escrevendo em inglês, ganharam fama pelo mundo, como Arundhati Roy e Jhumpa Lahiri. Outras, escrevem em sua língua materna e, permanecem ainda sem traduções para que o público internacional as veja.

A partir de hoje, tanto no blog e menos frequentemente no canal, irei apresentá-los ao maravilhoso mundo das autoras indianas. Percebo que desde que a Índia ganhou visibilidade aqui no Brasil com o Brics e, principalmente com a novela Caminho das Índias, a academia começou a produzir trabalhos sobre autoras indianas, sobretudo as da linha diaspórica. Porém, há muito o que estudar e pesquisar. E aqui, será o espaço dedicado a compartilharmos conhecimento sobre este lado da Índia: a literatura.

Nos próximos posts, claro, abordaremos diversos autores indianos, não só mulheres, mas o grande foco, será nelas. Espero que vocês gostem e aprendam a apreciar a literatura que não é produzida somente no ocidente.

Namaste.

Publicado por Banjara Soul

Este blog é para compartilhar um pouco das estórias e memórias que acumulei ao longo destes 12 anos neste incrível continente chamado Ásia. Hoje, de volta ao Brasil, mas com a Ásia no coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: