Tirando a poeira do blog

Olá, pessoal! Como estão?

Já faz um bom tempo que não passo por aqui. Na verdade, desde que saí da Índia, minha vida virou de ponta-cabeça e, acabei de afastando um pouco das redes sociais. Recomeçar depois de 13 anos, mesmo que seja no seu próprio país, não é tarefa fácil. Tão pouco achei que fosse. Mas, comecei a ter prioridades e responsabilidades que não tinha na época que morava na Índia e, isto me faz ter cada vez menos vontade de estar nas redes sociais. Tudo agora me parece meio fútil. Talvez sejam os hormônios da gravidez, mas ultimamente ando muito sem paciência com canal de Youtube, blog e outras coisas mais.

Porém, se tem uma coisa que todo professor ama fazer, é levar o conhecimento e informação ao próximo! E isso, claro, como boa professora, é algo que amo fazer. Por isso, acabei renovando com a WordPress e decidi continuar com o nosso blog. Afinal, escrever continua sendo uma grande paixão.

Este ano, certamente, não tem sido fácil para ninguém. Projetos congelados, incertezas, planos frustrados….uma época que, para quem gosta de planejar tudo e tomar as rédeas da própria vida, tem sido bem desgastante.

No meu caso, minhas aulas todas se tornaram online, o que, no início me irritou bastante, mas agora, já tem sido uma mão na roda, já que a barriga está cada vez maior e pesada. Fora isso, o ambiente online tornou-se tão frequente, que conseguimos participar de vários projetos, cursos e grupos de estudo com pessoas do Brasil e do exterior, o que, é de grande valia. No final das contas, o saldo tem sido positivo.

Minhas aulas da pós-graduação continuam paradas, a UFRJ ainda não se decidiu sobre nosso futuro, os colegas de turma da geração Nutella reclamam estar “abalados psicologicamente” e em relação aos estudos, tudo ainda é uma incógnita. Porém, coisas boas também acontecem neste momento insano. Uma delas, foi ser convidada para dar uma palestra semana passada, sobre a origem e história dos ideogramas chineses. Outra, foi continuar meu estudo de mandarim, o qual iniciei em janeiro deste ano. Acabei o segundo período de mandarim e, estou indo para o terceiro, que começa em agosto.

E, claro, a maior surpresa e felicidade desta pandemia, foi descobrir que serei mamãe. Não esperava mais ser mamãe aos 40, mas tem sido uma experiência maravilhosa, principalmente a cada mexida que o bebê dá. A gravidez tem me feito ver a vida de forma bem diferente e, sentir na pele, a maravilha que é ter alguém se formando dentro de si. Como eu mencionei em um dos meus últimos vídeos, esta será a maior viagem da minha vida! Ainda não contei no canal, porque ando sem saco nenhum de fazer vídeos, mas….serei mãe de um menininho!

No mais, como citei anteriormente, o saldo nestes últimos meses, tem sido positivo. Talvez não como esperávamos, mas cheio de surpresas e desafios o que, sem dúvidas, nos levará a um outro nível de experiência e maturidade. A verdade é que ninguém será o mesmo depois de 2020.

Um abraço e até a próxima!

Juliana

Publicado por Banjara Soul

Este blog é para compartilhar um pouco das estórias e memórias que acumulei ao longo destes 12 anos neste incrível continente chamado Ásia. Hoje, de volta ao Brasil, mas com a Ásia no coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: