México- Conhecendo a região de Bajio- Parte 1

Quase seis meses já se passaram desde que cheguei do México, mas fiquei devendo contar para vocês, como foi a experiência de ter vivido lá por dois meses e, claro, sobre os passeios que fiz.

Uma das cidades nas quais eu passei mais tempo, devido ao trabalho, foi a cidade de Irapuato, na região de Bajio. A região de Bajio é bem conhecida no país, por ser o pólo automobilístico do país e onde, empresas como Toyota e Nissan construíram suas fábricas.

A região do Bajio engloba os estados de Águas Calientes, Jalisco, Guajanuato e Querétaro. Nestes estados, encontram-se cidades e povoados incríveis como Guadalajara, San Miguel de Allende, entre outros.

Infelizmente, não consegui visitar todas as cidades e “pueblos” que queria, mas consegui sim, visitar vários lugares e ter uma idéia da beleza natural e da riqueza cultural do México.

Hoje, vou apresentar para vocês, uma pequena cidade que fica no estado de Guajanuato e que é conhecida como a capital nacional do morango. Estou me referindo a Irapuato!

Como chegar a Irapuato

Irapuato não é um destino imperdível se você está de férias no México e tem dias contados. Seria um destino para quem mora ou trabalha por lá e gostaria de acrescentar mais uma cidade em seu currículo de viajante. Como turista, o mais perto que você irá chegar de Irapuato, será indo a Guanajuato ou San Miguel de Allende.

Mesmo assim, caso você queira ir….

Se mora na região do Bajio, há diversas opções, como ônibus de turismo ou vans. Caso venha da Cidade do México, o seu ônibus sairá do Terminal Lázaro Cárdenas e a viagem deve durar umas quatro horas. Há diversas companhias que fazem este trajeto ou, que param em Irapuato, no caminho para Guanajuato. E, vale ressaltar aqui, que os ônibus de viagem mexicanos são excelentes. Algumas empresas possuem ônibus estilo 1a classe, com assentos individuais, tv com touch screen e lanchinho.

A empresa ETN oferece ônibus deste padrão para diversas cidades no país

O que fazer em Irapuato

Apesar de ser uma cidade pequena, Irapuato possui diversas atrações turísticas, com destaque para o Centro Histórico e suas belíssimas igrejas. No centro histórico, o grande destaque é a bela Plazuela Miguel de Hidalgo, onde fica a Fuente de Las Aguas Danzarinas. Ali, em volta da praça, há o mercado popular de Miguel Hidalgo e, várias igrejas centenárias, como a Catedral de Irapuato .

Onde comer

Há várias opções de restaurantes no centro histórico da cidade. Um dos meus prediletos, na verdade, é o Café Valakia, que fica em um sobrado histórico e colorido, tem tanto sanduíches como refeições tradicionais mexicanas e também, um delicioso café. Como é um sobrado, o grande barato é sentar no segundo piso e sentar-se à varanda, para apreciar a beleza da cidade e observar os transeuntes.

Caso você queira algo mais ocidental, sugiro que dê uma esticada até o shopping Plaza Cibeles, onde não só dentro do shopping há várias opções, mas ao redor, também, incluindo uma churrascaria brasileira!

Caso seu lance seja mais um junk food, em frente a churrascaria fica o Carl’s Jr., a famosa rede de fast food (deliciosa, por sinal!) americana.

Enfim, Irapuato é um lugar muito agradável para passar um dia de sábado, principalmente, pois poderá ver como as famílias mexicanas se divertem e curtem seu fim de semana.

Porém, infelizmente, parece que Irapuato não é uma cidade muito segura. Eu mesma, recebi inúmeras recomendações do meu escritório antes de ir para lá. Mesmo assim, no final, por causa da demanda do trabalho, ficava mais tempo lá do que na Cidade do México! (Vai entender, né?) Graças a Deus, eu nunca enfrentei nenhum problema na cidade, tirando alguns motoristas de táxi “engraçadinhos”, tentando flertar comigo após descobrirem que eu era brasileira. Mas, nada que um bom “chega pra lá” em espanhol não resolva.

Porém, os próprios motoristas e pessoas com quem convivi na cidade, sempre me alertavam para não ficar andando sozinha depois de escurecer, para não ficar tirando fotos e explorando a cidade sozinha… Bueno…..estive no Centro Histórico pelo menos umas três vezes, fotografei, filmei, comi, etc. Nada aconteceu e, claro, eu sempre fiz isso, durante o dia e, na presença de várias pessoas. Por isso, talvez, tenha conseguido voltar sã e salva para o Brasil (rs).

Mas, acredite: há inúmeras cidades dos Estados Unidos que são dez vezes mais violentas que Irapuato, certamente, mas o bode expiatório, claro, é sempre a América Latina.

O México é lindo, as pessoas são maravilhosas, têm muito carinho pelo Brasil e, não deixe a mídia fazer uma lavagem cerebral. Vá ao México e veja com seus próprios olhos a maravilha de país que é.

Eu amei e não vejo a hora de voltar!

por Banjara

Publicado por Banjara Soul

Este blog é para compartilhar um pouco das estórias e memórias que acumulei ao longo destes 12 anos neste incrível continente chamado Ásia. Hoje, de volta ao Brasil, mas com a Ásia no coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: