Casais indo-brasileiros- Algumas considerações

Recentemente conversei com uma amiga brasileira muito querida, a qual conheci na Índia, e que estava namorando um indiano. Já em terras brazucas, ela me trazia a notícia de que seu namorado havia chegado ao Brasil, estava morando junto com ela e a família, estudando português e, que estavam se preparando para o casamento civil.

Então, tive a certeza: Os seis anos de experiência na Índia, vendo e ouvindo muitos casos de casais indo-brasileiros, me deu um olhar quase de uma vidente. Não sou a sensitiva Márcia Fernandes, mas dá para ver facinho quando o indiano é um encosto na vida da moça.

Quando conheci este casal, lá em Bangalore, depois de conversar com o rapaz, tive certeza de que ele faria o necessário para ficar com sua amada. E, claro, que também se esforçaria para se adaptar ao Brasil, já que, convenhamos, é muito mais fácil do que uma brasileira se adaptar a Índia, sobretudo se adaptar a região de onde ele veio, não muito diferente de onde o meu marido também veio.

Lembro que há alguns meses, quando ainda estávamos na Índia, o rapaz entrou em contato com o meu esposo para perguntar sobre os trâmites do casamento, etc. Quando a gente vê que o negócio é pra valer, a gente sempre se protifica a ajudar. Mas, às vezes, também erramos. Um dia, um rapaz ligou para meu marido querendo saber como fazia para tirar o visto do Brasil e, na hora, meu marido, que conhece muito bem a seu povo, me disse:- “Não vai rolar. Você vai ver. Ele nunca mais vai entrar em contato.” Dito e feito. Tanto ele como a moça, desapareceram da face da terra.

É triste quando a gente encontra um casal destes e vê que só a brasileira está disposta a mover montanhas para ficar com o rapaz. O pior é quando eles ainda avisam de antemão:

“Só não caso contigo se meus pais não te aceitarem”.

E, vocês que já estão cascudos de Índia, sabem bem: Que pais indianos aceitam de primeira uma noiva estrangeira? Podem tratar bem, ser amáveis, simpáticos, mas não quer dizer nada. Quer dizer apenas que os indianos são ótimos anfritriões. Só isso. Portanto, não se iluda. Se o cara já vem com esse papinho…melhor nem entrar nesse curry. Porque o caldo vai entornar feio pro teu lado.

Mas, confie no seu sexto sentido e perceba se este cara estaria disposto a largar o vilarejo dele, a família sagrada dele e todos os seus hábitos de décadas para ficar contigo. Claro que nada impede que você se mude para a Índia e fique com ele. Eu fiz isso. Mas, não quer dizer que todo mundo tenha estômago e preparo psicológico para isso. E, a maioria que foi….nunca mais de lá saiu. Provavelmente….nunca sairá. Não porque não queiram, mas porque se a família do marido não quiser, nem ele e nem a esposas saem de lá. Só saem fugidas ou já à beira de um divórcio. Ou, quando os dois são rebeldes e vão em busca do que julgam ser melhor para suas vidas e deixam a opinião da família de lado. Casos raros, no entanto.

Portanto, pense bem no que você realmente quer de sua vida, antes de abandonar faculdade, filhos, amigos e ir atrás de alguém que vai te aprisionar.

Você nasceu livre. Não escolha a escravidão.

por Banjara

Um comentário sobre “Casais indo-brasileiros- Algumas considerações

  1. Eu já fui pra índia sei b do que você está falando… Meu deus tem que ter estômago e paciência para assimilar toda aquela cultura que parece está parada no século passado…. E sem falar em tem que ser uma escrava para família do marido ter que cobrir a cabeça na presença dos mais velhos etc etals…. Isso sem mencionar a falta de higiene de vaso sanitário e de chuveiro, ter que tomar banho de balde isso é algo que está ainda no século passado…. Meus só em lembrar me dá arrepios . Não falo por falar e sim por ter sentido tudo isso na pele.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.