Kerala – Diário de viagem- Kochi

Olá, pessoal!

Hoje, vou levá-los até o Kerala, um lugar imperdível na Índia, cheio de história e belezas naturais. Prontos para embarcar! Então…venham comigo!

DSCN2988

O Kerala, conhecido como God’s own country, é um destino procurado por pessoas do mundo inteiro. Tem gente que vem à Índia simplesmente para conhecer o Kerala, deixando de lado as atrações turisticas mais batidas, como Taj Mahal e Jaipur. Se vale a pena, depende do que você goste de ver em uma viagem. Se está procurando pela combinação monumentos históricos + muita natureza, o Kerala é o destino certo para você.

Como chegar lá

O estado do Kerala tem diversas atrações e dá para passar umas duas semanas lá, tranquilamente. Os principais portos de entrada são Kochi e Trivandrum. A maioria entra por Kochi e dali segue para as outras localidades de trem, ônibus ou carro. Kochi e Trivandrum são muito bem conectadas com a maioria das grandes cidades da Índia por trem, avião ou ônibus.
Saindo de Bangalore, como foi o meu caso, há opções de vôo, ônibus, trem ou carro. Preferimos ir de carro. A viagem foi longa. De Bangalore a Ernakulam (Kochi), foram quase 13 horas de viagem, incluindo as paradas para café da manhã, lanche e cafezinhos. Porém, depois nos arrependemos de não termos ido de avião. Afinal, teríamos ainda mais tempo para visitar mais locais.

Onde se hospedar

Kochi tem uma gama bem variada de hotéis e guest houses para todos os bolsos. Ficamos em Ernakulam, em um hotel chamado D Homz Suites.

Resultado de imagem para dhomz hotel

O hotel é bom, novinho, estilo apartamento, mas o serviço não foi lá estas coisas, sendo que tanto para o check-in como para o check-out, não havia ninguém para nos atender e tivemos que ficar ligando para a recepção do hotel como loucos. Depois de quase desistirmos de fazer o check-in, aparece um rapaz com cara de que tinha acabado de acordar e nos atende. Sem pedir documento ou confirmar a reserva, ele apenas nos levou até o quarto e só! O bom deste hotel, é que além de ser novinho, com tudo limpinho e bonito, fica em uma ótima localização, perto de uma rua com vários bares e restaurantes.

Resultado de imagem para dhomz hotel

Porém, a maioria dos turistas opta por se hospedar em Fort Kochi, já que é o local mais turístico de Kochi e onde tem diversas atrações para te entreter o dia todo.  Alguns hotéis bem conhecidos são Fort Kochi Beach Inn, Rositta Wood Castle, Johnsons Home Stay, Old Courtyard Hotel, Koder House e outros.

O que fazer em Fort Kochi

DSCN2922

Redes chinesas de pescar (Chinese fishing nets)

À beira do Mar da Arábia, encontramos as belas redes chinesas de pescar, que é uma técnica de pescaria muito popular nesta parte da Índia. Lá, além de contemplar o belo mar, um passeio pela feira de peixes é uma grande pedida, pois há peixes, mariscos e moluscos fresquinhos.

Andar pelas ruelas e se encantar com as antigas casas

DSCN2930

Igreja de São Francisco

Resultado de imagem para st francis church kochi

Este é um dos pontos altos do passeio em Fort Kochi. A Igreja de São Francisco tem uma belíssima arquitetura e muita história. Foi construída em 1503, pelos portugueses, sendo a mais antiga igreja da Índia. Vasco da Gama, que chegou na Índia pelo Kerala (Calicute), foi, inicialmente, sepultado nesta igreja. Porém, alguns anos depois, seus restos mortais foram enviados para Lisboa.

Igreja de Santa Cruz

Resultado de imagem para santa cruz cathedral basilica church kochi kerala

Um dos pontos turísticos mais importantes de Kochi, a Igreja de Santa Cruz, foi construída pelos portugueses em 1558. A igreja, foi elevada ao título de basílica pelo Papa João Paulo II em 1984.

Resultado de imagem para santa cruz cathedral basilica church kochi kerala

Tomar um café ou almoçar em um dos excelentes restaurantes

Imagem relacionada
Teapot House
Imagem relacionada
Kashi Cafe
Resultado de imagem para koder house kochi
Koder House

Imagem relacionada

Resultado de imagem para koder house kochi
Interior da Koder House

Assistir a uma peça de Kathakali

Resultado de imagem para kathakali center kochi

Outro programa imperdível, mas o qual não consegui fazer, é assistir a uma apresentação da tradicional dança do Kerala: O Kathakali. Para quem não conhece, o Kathakali é uma forma de teatro com dança, onde todos os artistas são do sexo masculino e, além de exíminios dançarinos, têm como característica, um peculiar movimento dos olhos e mãos.

Imagem relacionada

Uma belíssima arte, a qual dizem ter dado origem ao teatro Kabuki, no Japão. No Kathakali Center, você não só consegue assistir a um treino de Kathakali, como também a assistir a apresentação deles. Lá, também é possível assistir a apresentação de Kalaripayattu, a conhecida arte marcial do Kerala.

Imagem relacionada

No final do dia, voltamos para Ernakulam, onde à noite, fomos jantar em um dos melhores restaurantes da cidade, indicado por um colega de trabalho do meu marido, que é natural de Kochi. O restaurante é o Grand Hotel, que possui um vasto cardápio e cuja comida, foi a melhor que experimentamos no Kerala.

Imagem relacionada

Resultado de imagem para grand hotel kochi restaurant

Depois de um maravilhoso jantar no Grand Hotel, só nos restava dormir e esperar o dia seguinte, onde iríamos conhecer as famosas Kerala Backwaters, sobre as quais conto pra vocês no próximo post.

E, não deixe de visitar nosso canal no Youtube para  ver os vídeos que gravamos no Kerala!

http://www.youtube.com/banjarasoul

Um abraço e até a próxima!

por Banjara

5 comentários sobre “Kerala – Diário de viagem- Kochi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s