Banjara Soul em Calicute – Dia 2

Depois da noite anterior, sem wifi, com crise de sinusite e ainda com aquele tempo horroroso, o jeito foi dormir e pedir a São Pedro que ajudasse o sol a sair no dia seguinte. Se foi São Pedro, Shiva ou Ganesha, não sei. Mas, a verdade é que no segundo dia, o sol finalmente saiu!!

Fui mais que rapidamente tomar o café da manhã no terraço do hotel e, quando chego lá, eis o que encontro:

calicut1

calicut2O café da manhã em si estava fraquíssimo, com apenas umas 2 ou 3 opções e todas, só de café da manhã do sul da Índia. Não que eu não goste, mas para um hotel, estava fraco mesmo.

Tinha alugado um Ola Cab para me levar até duas das principais praias da cidade, sendo uma delas, a Kappad Beach, por onde Vasco da Gama chegou na Índia. Porém, qual não foi minha surpresa ao receber a mensagem do Ola Cab em meu celular, dizendo que não conseguiram achar nenhum veículo na minha área. Depois, descobri que Ola Cab, Uber e outros não existem em Calicute e, nem sei se existem no Kerala, na verdade. Talvez em Cochin ou Trivandrum, que são cidades maiores e mais turísticas.

Sendo assim, o negócio foi pegar um autorickshaw e negociar a viagem. Como as coisas não estavam dando muito certo desde que havia chegado a Calicute, decidi não arriscar ir até a Kappad Beach, pois fica bem afastada da cidade. Portanto, resolvi contratar um autoricksaw para me levar até a Beypore Beach, outra praia bem famosa da região e belíssima, por sinal. Apenas 30 mins do centro de Calicute e um local extremamente tranquilo e que emana paz. Beypore Beach valeu a pena.

calicut3

calicut4

Para completar a fase azarada em Calicute, o bilhete do meu trem ainda não estava confirmado e, meu medo de não conseguir embarcar à noite foi aumentando. Até a hora do almoço, nada de confirmação. Sendo assim, decidi não arriscar (ainda mais porque a fase não era das melhores) e, comprei um bilhete de ônibus de volta para Bangalore. Enquanto esperava o ônibus (ainda tinha mais 1 hora e meia livre), descobri que o Thali temple, um dos famosos templos da região, ficava ali perto. Sendo assim, fui explorar a região e descobrir onde o tal templo se encontrava.

A imagem pode conter: 1 pessoa, céu e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: céu, nuvem, atividades ao ar livre e águaQuando já estava dentro do ônibus, recebi um sms dizendo que o bilhete de trem havia sido confirmado. Paciência. Afinal, a viagem de ônibus de Calicute a Bangalore é puro deleite, já que passamos por vilarejos e pelo enorme Parque Nacional de Wayanad, um dos principais pontos turísticos do estado do Kerala. Foram 9 horas de ônibus, mas que valeram muito a pena!

Realmente a época escolhida para a viagem não foi das melhores, já que eu subestimei as chuvas do Kerala e, elas quase acabaram com minha viagem. Porém, como toda viagem e feita de descoberta e aprendizagem, foi mais uma para a coleção! Pelo menos, mais um lugar desbravado e mais belas fotos tiradas! Os vídeos, claro, você confere lá no meu canal:

E que venha o próximo destino!

por Banjara Soul

 

Anúncios

Um comentário

  1. Que venha mais e mais 👏👏amo seu blog, o canal adoro suas informações e repasso elas pra meninas que assim como eu tem vontade de conhecer a Índia,não vejo a hora de vc ir à cocchi, todo pra conhecer nem que seja por fotos e vídeos. Parabéns ju e um lindo trabalho que vc faz me sinto em cada viagem com vc bjs e sucesso. 👏👏👏

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s