A polícia moralista na Índia – Como funciona

Se vocês achavam que polícia moral era privilégio da Arábia Saudita ou Irã, estavam enganados. Aqui, na Índia, ela também atua em vários estados do país. Em menor escala, é verdade, mas a motivação é a mesma e, volta e meia, ela vira notícia nos jornais indianos.

Já mencionei aqui no blog, que um partido radical hindu chamado Shiv Sena (Exército de Shiva), sempre sai às ruas no Valentine’s Day aqui em Mumbai para caçar os supostos casais que estariam em atividades românticas e, segundo eles, ilícitas e contra a cultura hindu. Para quem não se lembra, eu deixo o link.

https://tabibitosoul.com/2015/09/24/policia-moralista-o-que-e-isso/

https://tabibitosoul.com/2014/11/05/e-proibido-beijar/

Recentemente, algo pior aconteceu no estado do Kerala, conhecido por suas belezas naturais, mas que ultimamente, anda na mídia por razões bem diferentes.

Resultado de imagem para kerala moral police

O incidente aconteceu exatamente ontem, no Dia Internacional da Mulher. Um grupo de homens armados com paus, estavam perseguindo e batendo nos casais que passavam em um dos pontos turisticos da cidade. Vejam o vídeo abaixo para ter uma melhor idéia do que estou falando. E, o mais interessante é que tudo isso aconteceu na cara da polícia do estado, que não fez absolutamente nada. É aquela velha estória do quem cala, consente.

Como o vídeo caiu nas redes sociais e causou revolta em muita gente, seis homens foram presos. A polícia (agora sim, eles apareceram!), disse que eles eram ativistas do partido Shiv Sena.
Estes últimos meses, o Kerala tem testemunhado diversos casos envolvendo a polícia moral. Em um dos casos recentes, um rapaz foi encontrado pendurado na porta de sua casa, após ele e sua amiga terem sido filmados, abusados e atacados por um grupo de homens em Kollam, no Dia dos Namorados. O vídeo foi parar as redes sociais, postado pelos próprios criminosos e, todos, felizmente, foram presos.
Imagem relacionada
Resultado de imagem para kerala kiss of love
Em fevereiro deste ano, um casal foi até a polícia reclamar que foram atacados por uma policial. A policial disse que o casal estava praticando atos obscenos em um parque público e os multou. O rapaz acionou o botão de gravação e no vídeo, ouve-se o rapaz questionando: – “Me diga que tipo de atividade obscena nós fizemos? Nós nos abraçamos? Nos beijamos? Você não têm o direito de nos perseguir e atacar simplesmente pelo fato de minha mão estar no ombro de uma moça!”
Resultado de imagem para kerala moral police

Há uns anos, houve também o movimento do KOL (Kiss of Love), onde vários jovens saíram às ruas protestando e beijando uns aos outros após um casal ter sido agredido pela polícia moral após terem sido vistos se beijando.

Resultado de imagem para kerala kiss of love
E, se vocês pensam que desta vez os indianos ficaram quietos, estão enganados! Não só no Kerala, mas em Bangalore, a cidade mais próspera do sul da Índia, vários jovens saíram às ruas para protestar. Fizeram barulho, mas fizeram peças de teatro tentando mostrar que ninguém ali está desrespeitando a cultura indiana.
https://www.youtube.com/watch?v=W2oxhTqsse0
Mas, se vocês pensam que isso só acontece no Kerala….estão muito enganados! Há diversos vídeos no Youtube mostrando os vários ataques da polícia moral em outros estados. Vejam este aqui.
https://www.youtube.com/watch?v=yiayOcqTuZw
https://www.youtube.com/watch?v=H-X6WXI_7X0
https://www.youtube.com/watch?v=b6tnXfUEAFM
Que tal dar um pouco de trabalho para esse povo e mandar eles lá pro Brasil para caçar os casais? Garanto que eles iam pedir demissão no primeiro dia!
Um abraço e até a pŕoxima!
por Banjara
Anúncios

8 comentários

  1. Vi o filme Masaan, que mostra um incidente com essa polícia e como ela arruinou a vida de um casal. Também há a história de outro que casal enfrentando conflitos culturais. Fiquei realmente chocada com as histórias e como a vida de alguns jovens pode ser controlada e condicionada assim.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Mari! Eu sei que filme eh esse, mas ainda nao consegui assistir. Sim..a obediencia aos mais velhos e a crenca de que os pais sao como deuses, deixa com que muitos indianos sintam-se inseguros de ir contra a vontade dos pais. A situacao eh bem complicada. Um abraco e obrigada pelo comentario!

      Curtir

    1. Oi Mari! Concordo com você. São pessoas mal resolvidas consigo mesmas e que não conseguem aceitar mudanças de comportamento social. Mas, como diz uma música antiga, ” o novo sempre vem “. Essas pessoas não conseguirão segurar a liberdade de expressão de afeto dos jovens com essa repressão absurda. A mudança já está acontecendo, quer eles queiram ou não. E outra, eles não serão eternos. Daqui há pouco já terão partido desta para melhor ou pior. Quem sabe, não é?

      Curtir

  2. Oi Ju! É difícil esse tipo de conflito nos dias de hoje. Tenho conversado com alguns jovens homens indianos nas redes sociais e o que pude perceber é que existe uma ansiedade por parte deles em aproximarem-se do Ocidente. Com a globalização, a mídia e as redes sociais , já não existe um isolamento cultural pleno, a menos que os governos dos países façam censura ferrenha na internet, como acontece na Coréia do Norte . Os jovens indianos têm acesso à cultura ocidental e estão em um momento de conflitos internos. Se por um lado existe uma cultura tradicional arraigada que é repressiva, existe uma cultura bem mais liberal lhes acenando, que é atrativa. Essa nova geração parece que já nasceu com escolhas próprias, independente de seus locais de origem. Se a repressão não for feita de maneira mais agressiva, difícilmente os jovens irão submeter-se. Acho que os indianos estão começando a trilhar o caminho que nós ocidentais fizemos nos anos 60 e 70 . Vivi minha adolescência no final de 60 e atravessei os anos 70. Só nos anos 80 é que a liberdade instalou-se culturalmente aqui no Brasil , o que coincidiu com o fim da ditadura militar . Creio que, por mais tradicional que a Índia seja, em algum momento no futuro, haverá mais liberdade sexual e afetiva para os jovens, porque os que lutam por ela hoje, serão os pais de amanhã, com experiências que lhes trarão uma nova consciência e novos conceitos. Desculpe a extensão do texto. Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s