O problema do álcool na Coréia do Sul

Olá, pessoal!

Hoje nós vamos viajar bem longe, até a Coréia do Sul, para falarmos sobre o problema do álcool naquele país e a motivação por trás dele.

Na Coréia do Sul, assim como no Japão, beber é significado de relaxar e é uma arma poderosa de comunicação entre subordinados e chefes, devido as rígidas hierarquias existentes em ambos os países.

Resultado de imagem para south korea hierarchy

No Japão, por exemplo, meus colegas de trabalho achavam muito estranho o fato de eu não beber. Eu sempre colocava a culpa na religião, para que eles não insistissem muito no assunto. São muito comuns as festas chamadas nomikais, enkais e tantos outros “kais” por aí.

Beber o famoso saquê, chamado no Japão de Nihonshu, é algo tradicional e sempre existiu na cultura japonesa. Há diversas canções de estilo enka que tratam do assunto e basta ir ao interior do país, para ver muitos velhinhos tomando aquela dose diária. Porém, quando foi que eles começaram a passar dos limites e a se tornarem alcóolatras?

Se você já foi ao Japão e teve a oportunidade de pegar um trem depois das 21:00, você vai entrar e imediatamente sentir o cheiro horrível de álcool, já que diversos funcionários de empresas estarão lá, jogados pelos bancos, completamente bêbados.

Resultado de imagem para south korea soju

O Japão cresceu, desenvolveu, as pessoas começaram dar suas vidas pelo trabalho e, o preço tem sido alto.

A Coréia do Sul, hoje, passa pelo mesmo problema. Um país extremamente desenvolvido hoje, na Coréia, estuda-se demais, trabalha-se demais e….consequentemente, bebe-se demais! A maioria, claro, consome Soju, que é a bebida alcóolica nacional e, cerveja. Isso, quando não misturam os dois.

Resultado de imagem para south korea soju

 

A indústria do álcool cai em cima, com muito marketing, enquanto, o Ministério da Saúde e entidades locais tentam fazer o que podem para colocar um freio no hábito que os sul coreanos adquiriram e que está a lhes roubar a saúde.

Recentemente, a Al Jazeera fez um documentário interessantíssimo sobre o assunto e, eu gostaria de compartilhar com vocês. O documentário tem legendas em inglês, então, creio que muita gente poderá acompanhar.

E, num país onde a pressão extrema sobre seus cidadãos prevalece, um outro problema alarmante tem chamado atenção da mídia internacional: O altíssimo índice de suicídio. Parabéns, Coréia do Sul! Vocês acabaram de superar o Japão no quesito suicídio!

Para tirarmos o clima pesado do assunto, vamos assistir ao engraçado clip do Psy, cujo nome não poderia ser nada mais nada menos que Hangover!

Um abraço e até a pŕoxima!

por Banjara

Anúncios

2 comentários sobre “O problema do álcool na Coréia do Sul

  1. Oi, Ju! Nossa, não sabia que a Coréia do Sul tinha ultrapassado o Japão na taxa de suicídio… Que coisa.
    Sobre o lance da bebida, o que reparei no documentário e o que me lembro da minha estadia no Japão é que orientais em geral bebem MUITO rápido. Parece que eles não apreciam a bebida. Eu gosto de tomar minha cervejinha gelada num dia quente na praia, ou um vinho numa noite fria – mas é para apreciar, e não para virar tudo de uma vez na boca. Realmente, há muita diferença cultural nesse quesito, eu acho.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s