Estereótipos do Brasil na Índia

Recentemente, em Mumbai, aconteceu o Tata Literature Festival, trazendo para Mumbai nomes da literatura reconhecidos no mundo afora. Este ano, tivemos a presença de uma poeta e tradutora brasileira, chamada Angélica Rios, a qual, quem curte poesia, deve conhecer. Ela é a autora do livro O útero é do tamanho de um punho.

Resultado de imagem para o utero e do tamanho de um punho

Pois é. Angélica esteve em Mumbai dando um workshop sobre poesia brasileira. Apesar de eu não levar jeito para poesia e gostar muito mais de crônicas e contos, fiquei interessada e curiosa para saber sobre ela e como o workshop seria conduzido para indianos. Sendo assim, lá fui eu!

O workshop atraiu muitos jovens indianos, a maioria, universitários, querendo ter seus poemas ouvidos e querendo saber mais sobre este exótico país chamado Brasil.Como se a Índia não fosse exótica o bastante, não?

Bem, o workshop foi interessante, e uma das primeiras tarefas que Angélica pediu aos participantes, foi que escrevessem as primeiras palavras que vinham à mente quando ouviam o nome “Brasil”.

Todos escreveram e, depois, leram as suas repostas para os colegas. Fiquei um pouco surpresa em saber que eles sabiam que o Brasil ficava na América do Sul e lá se falava português. Mas, confesso que me surpreendi com os estereótipos, ainda mais vindo de indianos.

1. Floresta Amazônica

2. Samba

3. Futebol

4. Café

5. Carnaval

6. Favelas

7. Favelas

8. Favelas

9. Pobreza

10. Miséria

11. Rio

A menina que estava do meu lado, pensando que eu era indiana, ainda comentou comigo:

–  “Actually, I was going to write “poverty”, but I felt it could sound offensive…“(Eu ia colocar “pobreza” na lista, mas achei meio ofensivo e desisti”.
– Yes…it does sound offensive (É…e realmente soa ofensivo!)- eu disse.

Eu só olhei e fiquei quieta. Pobreza? Pera aí! Pobreza é o que a gente vê em Mumbai. Alias, eles estão certos. O que temos no Brasil é pobreza. Na Índia e em Mumbai, principalmente, é miséria. Gente defecando no meio da rua, gente que não tem água encanada, gente que não tem banheiro, lixo pra todos os lados, favelas em tudo que é canto, esgoto aberto…Como sempre comento aqui no nosso blog, a pobreza da Índia é muito mais pobre que a pobreza do Brasil e a riqueza da Índia é muito mais rica que a nossa riqueza. Esta é a Índia. Quando a gente escuta um alemão ou japonês falando mal do Brasil, a gente até entende, mas um indiano?? Me poupe.

Resultado de imagem para dharavi
Dharavi- a maior favela de Mumbai
Resultado de imagem para rocinha rio de janeiro
Rocinha, a maior favela da América Latina

Para minha surpresa, uma das participantes até sabia o nome favela, em português, o que impressionou bastante a poeta brasileira convidada, mas acredito que ela também deva ter ficado meio chocada com esta imagem que os indianos têm do Brasil.

Na verdade, eu acho que é mais uma imagem que os Mumbaikers (moradores de Mumbai) têm de outros países de terceiro mundo e também de outros estados da Índia. Eles acham que Mumbai é o supra-sumo do moderno e do luxo. Quando a gente comenta que alguém veio do Bihar, Uttar Pradesh, Madhya Pradesh ou qualquer outro estado do norte da Índia, eles fazem uma cara como se a pessoa tivesse vindo do meio da selva.

Resultado de imagem para sabe de nada inocente

Gosto de morar em Mumbai, tem várias coisas que adoro aqui na cidade, mas…mais uma vez…me poupem!!!!

Bem, fica aí o desabafo!

um abraço e até a próxima!

por Banjara

 

 

Anúncios

14 comentários sobre “Estereótipos do Brasil na Índia

  1. Genteeee…choquei, Como assim pobreza??? É como vc disse Juliana defecam na rua entre tantos outros absurdos e bem falar da pobreza brasileira??? Fiquei passada de bolinha estampada.
    Da última vez que vi o Brasil estava na posição 74 da escala e a Índia estava em 135 e eles vem falar das favelas brasileiras?Absurdo isso…Vamos rir pra não fazer barraco vai.
    Bjs Juliana.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi Juliana, oh my god, eu fiquei triste na vdd, porque as pessoas não procuram saber antes de falar, estudar, se informar a respeito, evoluir essa é a palavra… Evolução.. Que pena. Mas adorei seu desabafo, parabéns, mostrou os dois lados, isso mesmo, mostrar, publicar, para que saibam como é de vdd. Amoadoro VC. Bjus no coração.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Me lembrei também do caso do clip do Coldplay, e lendo sobre isso, grande parte das reclamações de “apropriação cultural” era que mostrava muito pobreza e a Índia era não era aquilo.
    Aí fiquei pensando, realmente tem estereótipo mas no clip do Major Lazer, tbm mostra uma Índia estereotipada e não vi pessoas reclamando (até amam esse clip). Parece uma necessidade de mostrar o quão cool e moderna a Índia é e esconder/ignorar a outra parte.

    Curtir

  4. Mas acho que essa é uma tendência de jovem de metrópole, generalizada, lidar com o fora daquilo como inferior em algum aspecto. Já vi pessoas, principalmente de São Paulo e Rio de Janeiro agindo assim.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Nossa fiquei chocada com esse post…
    agora fico imaginando qual seria a respostas dos brasileiros em relaçao a india (tambem acho que nao seria coisas positivas) ,o ser humano em geral nao aceita bem uma cultura diferente… :/

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s