Índia – A 1a menstruação a gente nunca esquece

moddess1

Você se lembra quando menstruou pela 1a vez? Tente voltar ao passado e lembrar o dia. Você deve ter ficado apreensiva, certamente, ainda que sua mãe já tivesse lhe dito sobre o assunto. Agora, imagine só a cena: Você acabou de menstruar e conta para sua mãe. Ela, mais que imediatamente, liga para o seu pai, que liga para os amigos, primos, conhecidos…Sua mãe, claro, não fica para trás: amigas, vizinhas, primas, tias…todos precisam saber da novidade e ela fica horas anunciando para todos que sua filhota já é uma mocinha. Ficou louca só de imaginar a situação?

ModessAnita_Galvãoabsorvente_yorkCalça_higienicasempre_livrepropaganda_antiga_modess12

Pois é o que acontece em muitas famílias indianas que têm meninas em casa. Isto é, quando eles as deixam vir ao mundo. Mas, voltando ao assunto…esta tradição  é comemorada, sobretudo, no Sul da Índia. Porém, aqui em Maharashtra,parece ser uma prática comum,também, segundo minha colega de trabalho, que é  marathi.

3232124492_9abebcf0ce_b

Aliás, a inspiração deste post veio dela. Não lembro qual assunto conversávamos quando comentei que no Brasil, quando as meninas fazem 15 anos,muitas famílias fazem uma grande festa, que é  a festa de debutante, a qual, antigamente, servia para apresentar a filhota à sociedade e mostrar que ela já era madura o suficiente para casar-se e, a festa, claro, era um ótimo pretexto para arranjar um bom partido.

O propósito da nossa festa de 15 anos mudou de fato, mas este mesmo propósito, ainda permanece na nossa querida Índia .

Quando a menina têm  seu primeiro ciclo mentrual, assim como citei acima, a família faz uma festa!Com muitos convidados, é claro! Menstruação é um tabu sim, na Índia, e muitos templos não permitem que mulheres menstruadas entrem em seus recintos.Além disso, dependendo da família, quando  menstruadas, as mulheres precisam ficar isoladas, pois se tornam impuras e podem fazer apodrecer  as comidas em geral. Na própria Biblia mesmo, encontramos diversas  observações sobre este período pelo qual toda mulher precisa passar.

3231285163_bbe6efed14_o

Mas, voltando ao assunto…a cerimônia é marcada e, naquele dia, a moça é tratada como uma rainha: dão-na o que há de melhor para comer, claro, comidas especiais, as quais têm fama de ajudar na fertilidade da mulher. A estrela do dia também recebe muitos presentes (geralmente ouro) e é, também, o dia no qual veste sari pela 1a vez. No Sul da Índia, a partir deste dia, elas estão autorizadas a usar o half saree, que é  justamente, para moças em idade casadoura, mas jamais já casadas.

Separei alguns vídeos  para que nossos leitores visualizem melhor o que escrevi. Lá vai!

Minha colega de trabalho conta que morreu de vergonha quando várias tias começaram a ligar para ela do nada e a dizer: “Parabéns!!”. Infelizmente ( ou felizmente), na minha família indiana e na região onde eles moram, não é hábito comemorar a puberdade das meninas.

E aí? O que acharam deste lado da cultura indiana?

Um abraço e até a próxima!

por Banjara

Anúncios

6 comentários

  1. Aff a minha foi horrível, primeiro q eu só tinha 10 anos e não sabia oq era, na ignorância achei q eu tinha apenas herdado a doença da minha mãe pois eu sabia q ela sangrava todos os meses e quando eu perguntava ela dizia: estou doente! eu sabia q as pessoas ficavam “mocinhas” mas não sabia oq era pois minha mãe proibia q me falassem oq era, então como eu acabara de herdar a doença de mamãe, fiquei calma e pensei,ela sempre me diz q sou adotada kkk, então ela me enganou, com muita vergonha escondi o fato,pois temia ter q ir ao medico ter a minha borboleta examinada ( quando menor eu tive corrimento e me levaram ao medico e ele me examinou, e eu tive q dar um tapa nele) kkk mas passado os meses teve o aniversario de uma vizinha, e minha mãe falou: vai tomar banho q ela te chamou! Fui tomar banho mas eu estava na companhia do Chico, então encabuladamente cheguei na minha mãe e disse: Não vou poder ir, pq estou vazando sangue! ela riu e ficou quieta, no outro dia,meus pais já eram separados, mas ele foi lá e minha mãe contou para ele, e ele chegou em mim todo sorridente e me disse: Parabéns mocinha! e eu perguntei pq e ele disse: agora vc já é uma mocinha, vc menstruou! Na hora minha cara fechou, nem eu sabia q eu era mocinha e meu pai me disse parabéns, na verdade toda a família sabia e eu boiando na maionese, que raiva, no mesmo dia fui ao portão de casa com a minha mãe e passou um vendedor ambulante de fraldas e absorvente,com pacotes imensos, ai minha mãe me fez passar o maior vexame, chama o vendedor e diz: terei q comprar um pacotão desses, pq essa mocinha aq já menstrua e usa um montão! kkk quase morri, na verdade minha menstruação era muito pouco e eu nem tinha chegado a usar um absorvente, e ela faz isso, ainda bem q esse período durou apenas um ano e depois parou e só fui menstruar novamente com 13 anos,pois realmente eu não estava preparada para essa vida de mocinha, kkkk pior quando eu fui para o ginásio e minha tia disse no primeiro dia q eu tinha q tomar pilula, e eu não entendi e ela disse q se não eu ia ficar gravida, eu nem sabia como se engravidava, e se isso podia acontecer na escola kkkk piorou tomar pilula, como a vida era difícil para uma adolescente desprovida do conhecimento kkk

    Curtir

  2. Eu não sabia disso. No Punjab tudo é tabu.
    Isso me fez pensar que a menstruação em qualquer lugar do mundo deveria ser vista como algo bom, afinal a mulher está pronta para gerar uma vida e dar continuidade a toda uma geração, já que isso é tão importante nas culturas patriarcais. Ao contrário disso, vemos a mulher humilhada, considerada suja, impura em várias religiões, inclusive o cristianismo que adora criticar o hinduísmo, aborda as mesmas práticas a respeito da menstruação da mulher.

    Curtido por 1 pessoa

    • Penso que seja natural que na antiguidade as religiões considerassem a mulher impura durante a menstruação porque né… naquela época não tinha absorvente higiênico. Aí a mulherada lá vai, senta no templo e quando levanta – pimba! Aquela baita mancha de sangue! É pra morrer de vergonha né? Então penso que Deus (independente da era e sociedade) foi muito misericordioso em barrar a mulherada daquelas épocas em ir ao templo para poupá-las do vexame.

      Curtido por 1 pessoa

      • Nossa Fabi esse seu comentário me esclareceu muita coisa, nunca pensei nisso mas faz todo o sentido, com certeza, e realmente o sangue é imundo, a maioria das contaminações é feita por meio do sangue, e sem absorvente, sem água encanada, imagino como era a vida de uma mulher nesse período, as vezes morando no meio de desertos, sem poder tomar banhos, realmente Deus teve misericórdia delas (nós) , e o recomendável seria realmente o repouso rsrs. Tudo é questão de interpretação e realmente o ser humano tem essa dificuldade.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s