Desvantagem de morar no exterior

Olá, pessoal!

Geralmente, eu sempre comento sobre as inúmeras vantagens de se morar no exterior e a bagagem cultural que adquirimos.Sim, é verdade. Porém, um acontecimento esta semana, me fez pensar sobre as desvantagens de se morar no exterior. Principalmente, se o exterior fica do outro lado do mundo.

Anteontem, meu telefone tocou na madrugada. Quando olhei, era um número do Brasil e, lá da minha casa. Querendo ou não, a gente já imagina o pior! Ainda mais porque minha madrinha não vinha passando bem nas últimas semanas e tinha acabado de ter alta do hospital,onde foi tomar soro. Minha prima me ligou e, quando ela me disse que minha madrinha tinha piorado, eu imaginei, na mesma hora, que ela tivesse sido internada. Porém, não foi isso que eu ouvi, embora quisesse muito. Minha madrinha havia falecido.

Imediatamente, liguei para minha mae, que estava junto dela, durante sua passagem deste para o outro plano.

O resto, vocês já podem imaginar. Porém, pela primeira vez em todos estes anos, senti pena por não estar no meu país ou, pelo menos, em um país perto no qual eu pudesse pegar um vôo direto e já estar em casa, nem que fosse para dar o último adeus.

Porém, a Índia é longe demais. Ir ao Brasil é caro demais. Etecetera, etecetera e tal.

Quando moramos fora, perdemos casamentos, nascimentos, falecimentos e outros eventos que marcam nossa vida e daqueles que amamos. Quando moramos fora, ficamos impedidos de dar o devido adeus.

Porém, apesar disso tudo, não me arrependo de estar fora tantos anos, pois estou vivendo a vida que quis e escolhi.

Bem, este foi apenas um pequeno desabafo em forma de post.

Em breve voltamos com nossa programação normal.

Um abraço e até a próxima!!

por Banjara

 

 

 

Anúncios

12 comentários sobre “Desvantagem de morar no exterior

  1. Isso acontece com a gente direto porque no meu caso, é meu esposo que está longe do país dele e eu acompanho tudo..já perdi as contas dos inúmeros casamentos que perdemos na Índia, de amigos de infância, primos..eles insistem tanto, enviam os convites, mas não dá para simplesmente pegar um avião e curtir os vários dias de festa..são momentos que não voltarão.

    Também o nascimento de nosso sobrinho..ele está crescendo e não podemos acompanhar de perto.

    Também quando alguém da Índia adoece ou falece..nem cheguei a conhecer meu sogro pessoalmente ..só nos conhecemos pela webcam, não deu tempo. Carrego isso comigo. Dói.

    Força minha amiga.

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  2. Imagino Ju! o que vc sentiu naquele momento, pois pra vc não foi fácil, escolher estar do outro lado do mundo. Sempre te disse o quanto te admiro por sua coragem e determinação. A vida tem dessas coisas, mas perto ou longe, tenha certeza que sua madrinha levou com ela todos os momentos em vcs estiveram juntas. Então minha amiga, só as lembranças agora farão parte dessa nova folha a ser escrita. Meus sentimentos JU!!
    Um xeru. Saudades de nossas conversas no zap.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Cinthia!!Obrigada pelo carinho. Na verdade, eu fiquei muito preocupada com a minha mae e queria estar la com ela neste momento, ja que elas eram muito apegadas. Em relacao a minha madrinha, fico em paz, porque sei que ela viveu a vida bem do jeitinho que quis. Um abraco!!

      Curtir

  3. Oi Ju,
    Imagino o aperto no coração. Numa situação destas, o ideal seria se pudéssemos, num passe de mágica, nos teletransportar para perto de quem amamos.
    Mas como você disse, são escolhas e certamente o lado bom da escolha em morar fora compensa o ruim.
    Beijinhos,
    Ana

    Curtido por 1 pessoa

  4. Eu passei por isso em 2007.
    Você sabe, o Japão não é logo ali… É literalmente, do outro lado do mundo quando comparamos com o Brasil, quando estamos no Brasil.
    Eu estava em casa dormindo após uma noite no yakin, quando recebo um telefonema (número do Brasil, etc e tal, igual a você). Meu pai que havia ido ao hospital numa terça-feira, para um procedimento de tratamento, na tarde da quarta-feira teve algumas complicações e precisou ser internado às pressas, já em estado crítico. Eu até tentei ligar para algumas companhias aéreas, pedir ajuda ao Consulado, a fim de conseguir um bilhete que permitisse ir correndo ao Brasil, mas o melhor prazo que consegui, foi para 10 dias. Na tarde da quinta, eu falei com minha mãe e ela me contava que a situação dele não era boa. Na sexta, uma notícia me fazia acreditar que o pior estava passando, ele havia melhorado. No sábado, aquela notícia que ninguém quer receber, meu pai falecia em decorrência de de infecção generalizada, entre outras palavras.
    Meu pai partiu e nem pude me despedir dele. Ficou a lembrança da pessoa maravilhosa que ele foi, do pai exemplar, do marido fiel e da melhor herança que ele podia me deixar, a integridade moral do ser humano.
    Neste tempo todo aqui no Japão (12 anos), só fui ao Brasil uma única vez, em janeiro de 2011, por apenas uma semana. Mas pude visitar o jazigo onde meu pai repousa.
    O lado ruim de quem mora no exterior, são que a maioria das pessoas imaginam que nadamos em dinheiro, que recebemos em dólar, que somos soberbos. Mas não olham para dentro de si, nem imaginam a dor que sentimos quando não teremos mais a presença de pessoas queridas, quando não podemos mais gozar da companhia de todos que fizeram parte de nossa história, mesmo que fossem de momentos que não foram os melhores. Afinal de contas, somos nós os expatriados e, poucos estão aptos e dispostos a vivenciarem tal experiência.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Anderson, obrigada por compartilhar sua experiencia. Eh verdade…durante os 6 anos que morei no Japao, eu tambem so fui ao Brasil uma unica vez, em 2008. Em 2012, minha mae sofreu um derrame e eu ja fiquei pronta para comprar as passagens e voar de volta ao Brasil. Porem, como ela foi atendida bem no inicio dos sintomas (os quais eu percebi ao falar com ela pelo telefone), ela nao teve sequelas e, dois dias depois ja estava com alta. Enfim..ser expatriado esta muito alem de curtir a vida no exterior e nadar em dolares ou ienes!! Um abraco.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s