Abu Dhabi – A surpresa árabe – parte 1

Olá, pessoal! Tudo beleza?

Estou aqui no meu segundo dia nos EAU e ontem, de última hora, reservei uma tour para Abu Dhabi, como contei no último post. Estava animada para conhecer Abu Dhabi, já que era uma ótima oportunidade, mas não imaginei que fosse superar minhas expectativas!

Reservei a tour através da agência Rayna Tours, que é  indiana, mas oferece um serviço excelente. Fica aí a dica! E, você vai achar muito bons comentários a respeito dela na internet.

Nosso motorista apareceu aqui umas 8:30 e era…..adivinhem? Indiano! Natural do Kerala, ele me contou sua vida e ficou surpreso por saber que eu era casada com um compatriota seu. Papo vai, papo vem, eis que mais uma família se junta a nós para a tour. Uma família de indianos que emigraram para o Reino Unido. Pai, mãe e filha. A filha, nasceu em Londres. Os pais foram ainda pequenos para a Inglaterra, onde já moram há 35 anos. Porém, não negam as origens: são gujaratis e extremamente mãos de vaca! Não quiseram degustar uma ótima comida árabe porque custava 75 dirhams. Preferiram comer na praça de alimentação do shopping. Eu também comi, mas minha vontade era ter ido no tal restaurante árabe no Corniche. Mas, enfim…

Voltando ao assunto….De Dubai até Abu Dhabi leva cerca de 1 hora e meia de carro. Há ônibus que partem de Dubai e também um shuttle bus da Emirates, gratuito para quem está voando com eles, mas preferi a tour, já que imaginei  que não seria tão fácil me locomover no emirado e, também, por causa das altissimas temperaturas durante o dia. Os termômetros marcavam 42C hoje, mas a sensação era de mais que isso. Realmente estava muito quente e até perigoso andar debaixo do sol. Havia pensando também em me inscrever para o Big Bus Tour, mas parece que ele já saía de Abu Dhabi e não de Dubai. Portanto, ter pego um tour com motorista que vem te pegar na porta do hotel é a melhor opção. Fica aí a dica.

Saindo deDubai e chegando a Abu Dhabi, a cor da estrada muda e a vegetação muda drasticamente. Além das tamareiras, há também oliveiras. E, após certo tempo, um imenso deserto com uma vegetação bem rasteira. Bela paisagem!20150802_120536

Chegando a Abu Dhabi, a primeira atração foi a suntuosa Sheikh Zayed Grand Mosque. Compartilho com vocês as fotos deste incrível lugar, que me emocionou.

20150802_105957

Aquele branco do mármore, com os detalhes dourados dos pilares e o contraste com o belo céu azul é simplesmente indescritível e é um daqueles lugares que você tem que visitar uma vez na vida. Me lembrou, muito, na verdade, o Taj Mahal é, não estaria exagerando se dissesse que até acho que se inspiraram no Taj para fazer a mesquita, já que além das semelhanças nos desenhos e esculturas no mármore, o Taj também é um monumento símbolo da cultura islâmica.

20150802_111659 20150802_111628 20150802_110540 20150802_110251

Há uma severa inspeção de vestimenta na entrada da mesquita. A menina do nosso grupo estava com uma blusa de manga, mas o guardinha julgou que era  transparente e, ela teve que vestir uma abaya. Gracas a Deus, nosso guia tinha levado abayas de sobra para nós. Também vesti a minha e passei sem problemas pela segurança. O véu, eu usei o meu mesmo, que fazia parte da roupa indiana com a qual eu estava vestida.

20150802_112552

A maioria das européias também estava usando a abaya e pareciam estar gostando muito, na verdade. Eu também gostei muito e achei super confortável. Ainda mais pelo fato de você poder usar o que bem quiser por baixo.

A grande mesquita é mesmo uma construção de deixar qualquer um boquiaberto.Estima-se que bilhões de dólares foram gastos para tal construção. Mas, ao ver a beleza da mesquita….quem se importa?

20150802_112108 20150802_112052 20150802_113312 20150802_110540

A parte mais bela e emocionante na minha opinião, foi ao sair da mesquita, pois era horário de oração e pude ouvir o Adhan (ou Azan) na íntegra. A suntuosidade da construção aliada a bela melodia do Azhan fizeram aquele momento  mais que especial: lágrimas brotaram de meus olhos. E parecia que minha vida tinha parado ali. Aproveitei o momento a oração para fazer uma prece e agradeci a Deus por tudo. Com a alma lavada, agora era hora de voltar para o carro, pois a tour tinha que continuar. Mas, os momentos vividos na Sheik Zayed Grand Mosque foram simplesmente inesquecíveis. E, ouvir o Adhan em um país muçulmano é mil vezes mais belo e emocionante do que ouvir na Índia. E, em breve o vídeo estará lá no Youtube! Aguardem!

Resumo da visita: Só pela mesquita já vale visitar Abu Dhabi!!!
No próximo post contínuo falando de Abu Dhabi!

Um abraço e até a próxima !

por Banjara Soul

Anúncios

5 comentários

  1. Fala serio, TUDO nos EAU eh suntuoso, chique e de bom gosto ne. Mesquita linda, parece palacio de filme de contos de fada.

    Mas perder a oportunidade unica de comer um prato diferenciado por um valor nem tao alto assim eh o cu-mu-lo…!! Parece ate coisa de xynez, afff!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s