Conheça os locais proibidos para estrangeiros e mulheres na Índia

Planejando uma viagem ao sul da Índia, eis que na minha lista se encontra um templo hindu belíssimo e muito famoso por ser considerado o templo mais rico do país: Sri Padmanabhaswamy Temple, no estado do Kerala.

SreePadmanabhaSwamyTemple

Ao procurar mais informações sobre o templo, descobri que a entrada de estrangeiros no templo não é permitida. E, indianos devem seguir algumas severas regras de vestimenta. Mas, fiquei pensando: se eu me vestir de saree (como manda a regra para entrar no templo) e não abrir minha boca, como eles vão saber que eu não sou indiana? Bem, isto aí eu te respondo quando eu visitar o templo em breve!

Mas, procurando mais informações interessantes, eis que me deparei com uma lista contendo os nomes dos templos na Índia onde não só estrangeiros, mas também mulheres (mesmo indianas) não podem entrar. Portanto, querido viajante: Leia este post com atenção para não correr o risco de ter sua entrada barrada em algum lugar por aqui.

1. Templo do Deus Arappa (Lord Ayyappa’s temple)
Sabarimala, Kerala

sabarimala_174839f
Mulheres com idade entre 10 e 50 anos são proibidas de entrar, já que acredita-se que o Deus Ayappa fez um voto de castidade.

2. Patbausi satra e satras vizinhos (monastério hindu)
Barpeta , Assam
barpeta_assam

A razão para a proibição seria para preserver a “purez”a do monastério, o qual proíbe a entrada de mulheres já há vários séculos, devido ao fato das mulheres mentruarem e por isso, serem consideradas “impuras”. O governador do Assam JB Patnaik decidiu violar as regras e entrou com várias mulheres no ano de 2010. Após este ato de bravura, não há informações sobre o templo ter aberto as portas para as mulheres.

3. Mesquita Idgah (Idgah Masjid )
Shillong , Meghalaya

???????????????????????????????
Já não é novidade que a maioria das mesquitas não permite a entrada de mulheres. Nesta mesquita em Meghalaya, conhecida como A Mesquita de Vidro, não é diferente, mash á informações de que em 1988 eles abriram suas portas para as mulheres.

  1. Sree Padmanabhaswamy Temple
    Kerala
    SREE PADMANABHA SWAMY TEMPLE

Está aí o templo que eu estou doida para visitar. Mulheres (hindus) podem entrar, se estiverem usando saree. Estrangeiras não podem entrar. Porém, mesmo para as hindus, há algumas partes do templo as quais elas são proibidas de entrar.

5. Templos Jain
Guna district, Madhya Pradesh
Se as mulheres estiverem usando jeans e camisetas, elas não podem entrar no templo. Detalhe: Por esta frase entende-se que homens de jeans e camiseta podem entrar traquilamente, não?
Já visitei alguns templos Jain, principalmente em Gujarat, onde as mulheres podem entrar, mas não podem se achegar até as estátuas das divindades. Há uma grade, uma espécie de cercado e, de lá, elas não podem passar. Já os homens, podem chegar perto das estátuas para fazer suas preces e oferendas.
Templos onde estrangeiros não podem entrar

  1. Guruvayur Sri Krishna Temple
    Guruvayur , Kerala
    Guruvayur_Temple_top_view-1024x768
    Não-hindus e estrangeiros não podem entrar. Fiquei imaginando como eles vão saber se alguém é não-hindu. Será que vão fazer um interrogatório?
  2. Jagannath temple
    Puri , Orissa
    Jagannath-Temple

Este templo é um dos mais famosos e belos aqui na Índia e que deve estar na lista de muitos turistas que aqui chegam. Porém…estrangeiros não podem entrar e, até mesmo a princesa da Tailândia não teve sua entrada permitida, uma vez que ela é budista, e não hindu. Esqueceram de avisar a eles que o Budismo originou-se do Hinduísmo e Buddha era indiano e, não tailandês.

  1. Lingaraj temple
    Bhubaneswar, Orissa
    lingarajtemple
    Mais um que proíbe a entrada de não-hindus e estrangeiros.
    4. Sri Padmanabhaswamy Temple
    Thiruvananthapuram, Kerala
    SreePadmanabhaSwamyTemple
    Como citei acima, estrangeiros e não-hindus não podem entrar no templo.5. Mahalasa Temple
    Panaji, Goa
    Mahalsa Temple
    Goa é o local onde mais você encontra estrangeiros na Índia. Este templo começou a aplicar uma séria regra de vestimenta aos visitantes e começou a proibir a entrada de estrangeiros. Acredito que seja pelo fato de muitos estrangeiros em Goa andarem quase pelados, já que estamos perto da praia e, acabarem indo ao templo vestidos inadequadamente. Esta é apenas uma suposição, mas o fato é que hoje, estrangeiros não podem mais entrar.
  2. Sri Venkateswara Temple
    Tirupati, Andhra Pradesh
    Tirupati Balaji Temple
    Este templo é outro extremamente famoso e local de peregrinação para muitos hindus que vão lá oferecer seus cabelos em troca de promessas.

O Tirumala Tirupati Devasthanams (TTD), órgão responsável pelo gerenciamento do templo, colocou uma regra na qual todos os visitantes que professam outra fé, devem assinar um papel declarando que acreditam e têm fé na entidade adorada naquele local: Deus Venkateshwara (Lord Venkateswara). Alguns, por uma boa foto ou boas lembranças de uma viagem, topam tudo e assinam o papel sem problemas. Já outros, principalmente monoteístas mais radicais, devem achar difícil cumprir tal ato.

jaipur_elephant

Quem me conhece sabe que eu adoro visitar locais religiosos, seja templos, mesquitas, igrejas, etc. Até hoje, aqui na Índia, nunca fui proibida de entrar em nenhum templo, mas tenho uma amiga estrangeira que se parece com estrangeira (européia) a qual foi proibida de entrar em um templo Jain aqui em Mumbai. Mas, quando teve sua entrada recusada, uma senhora indiana a abordou e disse: -“Você quer entrar?” Ela respondeu que sim e, a senhora indiana foi até o guarda e disse: – “Ela está comigo. Não tem problema.”

E assim, minha amiga pode conhecer aquele pequeno e belo templo.

Mas, em todo caso, fica aí a dica caso você tenha escolhido um dos templos acima para visitar em sua viagem à Índia.

Um abraço e até a próxima!

Por Banjara Soul

Anúncios

2 comentários

  1. Olá, eu fui no sul da India e como não pareço nada Indiana, e não estava de Saree, nem pude chegar na porta de entrada do Templo, mas é lindo .. foi emocionante.. e o mais interessante é como eles organizam para trocar as roupas (casual/ trabalho) para seus trajes (lungi/ saree).. O sul é muito bonito e agradavel.. voltarei em breve! bjs

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi, Angelica! Obrigada por compartilhar sua experiência conosco. Eu também gosto muito do Sul. Até hoje só estive em Hyderabad, mas estou ansiosa para conhecer Tamil Nadu, Karnataka e Kerala. Sim, volte m breve! Um abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s