Apartheid no Japão??

racismjapan

Ontem me chegou uma notícia do jornal japonês Sankei, a qual mencionava a infeliz declaração dada por uma famosa escritra japonesa, Ayako Sono.

Ayako, que com este artigo mostrou traços de insanidade mas apenas revelou a verdadeira face da sociedade japonesa, comentou que o Japão deveria aceitar imigrantes estrangeiros, mas com uma condição: Que brancos, negros e asiáticos morassem separados, como aconteceu na África do Sul.

O Twitter encheu de comentários sobre o artigo. Porém, o mais assustador é que muitas pessoas concordaram com o que a escritora disse e ainda justificaram dizendo que não tem como dois seres humanos iguais mas com culturas diferentes dividirem o mesmo espaço.

É impressionante como o Japão é retrógrado quando o assunto é imigração, racismo, preconceito. Vivi um total de 7 anos lá e posso dizer que dificilmente eles mudarão. Têm-se criado políticas, métodos, teorias e blá blá blá, mas a mentalidade da maioria continua a mesma. Só muda se houver uma reforma no sistema educacional do país. Esta é a minha opinião.

Porém, escrevi um artigo sobre este triste assunto e compartilho aqui com vocês.

Um abraço e até a próxima!

Banjara Soul

http://br.blastingnews.com/mundo/2015/02/escritora-japonesa-e-acusada-de-promover-o-apartheid-no-pais-00268569.html

Publicidade

Publicado por Banjara Soul

Este blog é para compartilhar um pouco das estórias e memórias que acumulei ao longo de 13 anos no incrível continente chamado Ásia. Hoje, de volta ao Brasil, mas com a Ásia no coração, continuo compartilhando informações do continente com vocês!

Um comentário em “Apartheid no Japão??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: