Kutch, Gujarat- Índia- Diário de viagem

Gujarat é um rico e belo estado da Índia que dificilmente aparecerá no seu guia turístico. Mas, deveria. Além da natureza exuberante, o estado possui monumentos históricos e sítios arqueológicos como Dholavira e Lothal, um deleite para quem ama história!
Para conhecer os principais pontos, acho que eu deveria ter passado um mês em Gujarat, mas como só consegui 3 dias de folga + fim de semana, decidi conhecer uma das paisagens mais belas da Índia: o Grande Rann de Kutch, o deserto de sal.
Então, embarque conosco nesta viagem ao tempo e conheça a riqueza deste encantador estado chamado Gujarat.

Dia 1
Saindo de Mumbai

Bhuj Express saindo do Terminal de Bandra em Mumbai
Bhuj Express saindo do Terminal de Bandra em Mumbai

Há pelo menos 2 ou 3 trens que fazem o percurso Mumbai- Bhuj (a capital da região de Kutch). O mais rápido, o qual pegamos para ir, se chama Bdst Bhuj Super Express e leva cerca de 13 horas para chegar ao destino. Mas, não demora muito, já que o trem sai à meia-noite e você passa, pelo menos, 8 horas dormindo.
Chegamos em Bhuj no dia seguinte e assim que colocamos o pé na estação, ficamos assombradas com a limpeza do local. O piso da estação estava brilhando!!! Nunca havia visto isso aqui na Índia e, claro, paramos para tirar uma foto deste feito histórico!
Seguimos para o hotel em um auto-ricksaw. O hotel que escolhemos desta vez foi o Shiv Hotel, bem no centro de Bhuj e um foi melhor do que eu esperava. Tanto o dono como os atendentes foram muito atenciosos e honestos. Fica aí a dica!

Hotel Shiv
Hotel Shiv

Chegamos mortas de fome e decidimos procurar um restaurante que haviam nos indicado: Prince Thali. O Prince Thali é no centro da cidade e fica dentro do hotel Prince. Lá você terá a oportunidade de provar o autêntico e delicioso Gujarati Thali. E, por um preço muuito bom!Após o almoço, decidimos desbravar um pouco da cidade.

Gujarati Thali - Ainda incompleto. Outros pratos seriam adicionados a ele em seguida.
Gujarati Thali – Ainda incompleto. Outros pratos seriam adicionados a ele em seguida.

Dependendo do horário que você chegue em Bhuj, talvez consiga conhecer a cidade toda em um dia, mas como nós já chegamos um pouco mais tarde, decidimos visitar os seguintes locais:

Bhujodi Village

Entrada do vilarejo
Entrada do vilarejo

Fica a uns 20, 30 minutos do centro e é um simpático vilarejo onde moram diveras famílias artesãs que possuem uma lojinha na frente de casa. Ou, dentro da casa!Visitamos várias casas e vimos também um casal europeu (ingleses) que estavam ficando loucos com tanta variedade e compraram muita, mas muuuuita coisa! Acho que as fotos falam por si. Melhor que o local em si, são os moradores, sempre te recebendo com um sorriso e te chamando para uma xícara de chai, mesmo que você não compre nada com eles. Simplesmente pelo prazer de receber visitantes. Uma raridade nos dias de hoje, mas você ainda encontra em muitos vilarejos indianos. As fotos do local falam por si só:
20150108_154036 20150108_154044 20150108_154125

Paraíso das compras - A rua principal é repleta de lojinhas como esta.
Paraíso das compras – A rua principal é repleta de lojinhas como esta.

20150108_154226 20150108_162306

Kutch Museum

Após a visita a Bhujodi Village, voltamos ao centro de Bhuj e decidimos visitar o Kutch Museum. Por fora, o prédio é belo, mas por dentro, foi uma pena, já que as peças estavam muito mal conservadas e algumas com mofo. Mais uma amostra do descaso das autoridades à cultura e história do país. Então, só inclua o Kutch Museum na sua lista se você estuda história indiana ou tem muito interesse pelo assunto, como esta que vos fala.
20150108_171520 20150108_171526 20150108_171539 20150108_171854

Swaminarayan Temple

Este é um dos locais que certamente chamará sua atenção durante a passagem pela cidade, com seus suntuosos portões. E, realmente, vale a pena visitar, já que desde a entrada, o templo nos surpreende com sua beleza. Grande parte dele é construída em mármore, o que realça ainda mais sua beleza. Minha amiga queria assistir o aarti, que seria o equivalente a missa ou culto para os cristãos. Porém, sem sermão, já que o objetivo é poder ver a estátua do seu deus e colocar-lhe oferendas apenas. Porém, as canções são belas e o momento em si são belos e, é uma grande oportunidade para ver e entender um pouco mais sobre a fé do povo local. Uma coisa no templo me chamou a atenção: Havia um corredor bem próximo às estátuas dos deuses no qual era proibida a entrada de mulheres. E estava escrito em gujarati e em inglês, para que todos entendessem. Foi a primeira vez que presenciei isto em um templo hindu, já que no norte da Índia, sempre entramos livremente. Até meu esposo achou estranho, já que ele também nunca havia visto este tipo de segregação. Mas, tirando isso, não deixe de incluir este belo local em sua passagem por Kutch.

20150108_173112 20150108_173119 20150108_173136 20150108_17314720150108_174131 20150108_174326 20150108_174355

Vejam a beleza do piso do templo!
Vejam a beleza do piso do templo!

20150108_17493320150108_183652
Para quem ficou curioso para saber como é o aarti, veja este vídeo que encontrei no Youtube:

Saímos de lá já à noitinha e voltamos para o hotel. Se você ainda quiser matar seu templo, pode ir até o cinema local (bem no centro) e assistir à algum filme em hindi, gujarati ou inglês. Além disso, pode saborear as delícias e quitutes locais nas inúmeras lojinhas espalhadas pela avenida principal. E assim, termina o primeiro dia em Bhuj.

No próximo post, você vai viajar conosco até este local aqui:
20150109_165124Um abraço e até a próxima!
Banjara Soul

Anúncios

Um comentário sobre “Kutch, Gujarat- Índia- Diário de viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s