Starbucks Juhu (Mumbai) – Um nojo só!

starbucksjuhu4

Você. leitor constante deste blog, no mínimo deve ter achado estranho o título do post, já que eu sempre faço público o meu amor pela Índia.

Pelo título do post, muita gente deve estar achando que eu achei algum rato lá perdido no Starbucks, né? Não, senhor.

Bem, vamos direto ao assunto:

No sábado, fui encontrar com uma colega indiana e ela marcou comigo no famoso Starbucks Juhu, já que fica perto de nós duas. O Starbucks Juhu é belíssimo, super chique, com poltronas confortáveis e dois andares. – Mas, então, porque você disse que era um nojo só? – nossos caros leitores devem estar pensando.

starbucksjuhu

Bem, o nojo em questão não é do local em si, mas das pessoas que o frequentam. Podem me chamar de conservadora, careta ou o que quiser, mas desde quando Starbucks é lugar de criança ir com os amigos? Desde quando criança bebe café? Já viajei vários países, morei um total de 7 anos no Japão e nunca vi nenhum pirralho dentro do Starbucks.

Mas, na Índia é diferente. Ou melhor, em Mumbai é diferente, pois não sei como são os Starbucks de outras grandes metrópoles do país e nem as outras lojas da mesma empresa localizadas em Mumbai.

Para começar, o local estava lotado de pessoas com menos de 20 anos, mexendo freneticamente em seus smart phones e celulares enormes que mais pareciam um laptop.

mumbaifashion5

De repente, um grupo de adolescentes e pré-adolescentes na faixa dos 10, 12, começa a furar a fila onde eu estava. Aí, o sangue já subiu. Subiu, primeiro, só de ver aquele bando de meninas desvairadas com menos de 12 anos falando inglês como se fosse a língua oficial do estado, com seus shortinhos muito “inhos”, procurando na internet do seu smart phone qual café ia pedir e ainda por cima, sem boas maneiras, furando a fila. A 1a, eu respirei fundo e deixei passar. Aí, chegou a amiga. Tudo bem, elas estavam juntas. Mas, do nada, me aparece um moleque com cabelo todo fashion, menos de 12 anos e cheio de marra! E, o pior: Ainda entrou na minha frente, na fila!

Ai, não deu para segurar! Tive que chamar a atenção do moleque!Cutuquei o ombro dele e, estava prestes a dizer em hindi: –yahan se jao! (Go away from here!), mas preferi apenas fazer aquele clássico sinal de: – Se manda daqui, moleque!

Aí, olha a audácia do moleque! Ainda tentou argumentar, dizendo: – But..she is my friend! (Mas ela é minha amiga!)

Sem esboçar nenhuma expressão, eu apenas respondi: – But I came first. And your friend also has no manners. You have to wait.

Aí, o moleque baixou a bola e sumiu dali. A caixa do Starbucks já estava perdendo a paciência com aquelas adolescentes patricinhas que se acham adultas só porque os pais, mais inconsequentes ainda, deram dinheiro para a pirralhada se divertir no Starbucks.

starbucksjuhu2

Realmente eu já estava me arrependendo profundamente de ter ido até o Starbucks.

Finalmente vagou um lugar, sentei e fiquei esperando minha amiga, que não demorou muito a chegar, graças a Deus, pois aquele ambiente já estava me dando náuseas.

Já estava prestes a pedir um sonrisal após aquela indigestão toda, quando chega mais uma grupo de patricinhas desvairadas, na faixa de 13 a 15, também com shortinhos e fazendo tanto, tanto alvoroço que muita gente no local até interrompeu o seu café para ver o que estava acontecendo ali.

As meninas, claro, só falavam em inglês entre si. Uma delas, estava até usando um arquinho com orelhas da Minnie! Se meu esposo estivesse junto, tenho certeza que mesma hora ele ia cair fora e ainda me levar junto.

O alvoroço das patricinhas foi tanto, tanto, que uma delas deixou o copo de frapuccino cair e sujou o chão todo. Esta cena, claro, acompanhada de muitos gritinhos de -Oh, my God!

preepy

Enfim, além de me dar pena dessa molecada alienada e que acha que vai se tornar ocidental só por frequentar o Starbucks, também me dá uma raiva danada dos pais que estão ajudando a criar estes monstrinhos.

Vocês sabiam que a maioria dos crimes cometidos aqui em Mumbai, como assaltos, por exemplo, são feitos por gente da classe média alta?

Ano passado, quando tivemos o vidro do nosso carro quebrado e o cd player roubado, o próprio inspetor de polícia daquele bairro disse:” – A culpa é dos pais que acham que ser moderno e ocidentalizado é dar dinheiro para os filhos usarem drogas, se embebedarem, irem para a danceteria mais cara da cidade, etc. Uma vez que os pais não dão mais dinheiro e eles precisam manter o vício, eles começam a fazer este tipo de coisa.”  Sim, palavras do inspetor de polícia de um dos bairros nobres de Mumbai.

Além disso, não é dificil de ler artigos nos jornais sobre jovens de classe média alta que invadiram algum condimínio ou o próprio condomínio onde moravam para roubar os apartamentos e objetos de valor.

No Starbucks, fiquei imaginando e pensando como educar meus filhos e impedir que eles se tornem aqueles monstrinhos que idolatram a cultura americana, uma das mais podres do mundo. É bom se modernizar sim, mas tudo em muita quantidade acaba sobrando e aí, tem que jogar fora.

Quando contei esta traumática experiência para o meu marido, ele disse: – Você se surpreendeu porque elas tomam café? Café não é nada para quem já consome álcool naquela idade. E, ainda te digo mais: A maioria delas nem mais virgem é! Te garanto! Elas são assim mesmo. Se você paga uma cerveja, elas acham que você é rico e pronto! São todas suas!

E eu, ouvindo boquiaberta todos esses comentários vindos de um nativo.

Não sei como é o Starbucks no Brasil e se lá também é frequentado por adolescentes da mesma categoria, mas se for, me avisem, pois faço questão de não passar nem na porta!

Outra coisa curiosa é que: Esses jovens se acham os reis da cocada preta indo ao Starbucks, mas há outros cafés muito mais estilosos e gostosos, como o Coffee Beans and Tea Leaf. Este último, tem um café de melhor qualidade que Starbucks, mais gostoso, melhores sanduíches, melhores doces, melhor ambiente e preço mais salgado. Realmente não dá para entender….

Talvez o Starbucks Juhu seja melhor frequentado nos dias de semana e sem ser nos horários de pico. E, minha visita ao local também coincidiu com a época das férias da garotada.

starbucksjuhu3

Todo mundo sabe que eu amo criança, adolescente e sempre trabalhei com eles, como educadora e conselheira. Talvez seja por isso a minha indignação.

Praticamente
Praticamente

Enfim, pelo menos passei ótimos momentos com minha amiga, rimos e conversamos à beça!

Falando nisso, acho que vou lá na cozinha fazer um cafezinho!

Um abraço e até a próxima!

by Tabibito

 

Anúncios

9 comentários em “Starbucks Juhu (Mumbai) – Um nojo só!

  1. Impressão minha,ou notei uma certa”arrogância”nesta materia.Sempre observei aqui pelo Brasil,que nos recentes starbucks que foram instalados, que apesar de variações de públicos diante de horarios,dias da semana e locais em que são abertos,sempre houve uma predominancia de um público um tanto quanto “diferenciado”.Pessoas geralmente mais alternativas,nerds,geeks,empresários,intelectuais,pseudo-intelectuais entre outros.Por mim ótimo,apesar de saber que sou um tanto mais informado e estudioso em relação ás pessoas comuns,eu jamais me considerei melhor que os demais. Porém noto que este texto é um tanto pretensioso.

    Claro que um lugar quando passa ser difundido pela midia e começa a ficar conhecido,é inexorável que ele passe a ser frequentado por um publico diferente.Já, falta de educação na minha opnião, é uma caracteristica que geralmente independe de classe social, raça, credo, nacionalidade, idade e genero(qualquer opnião contraria pode ser dito como preconceito).Então consequentemente o Starbucks não está livre disto pra sempre, Independentemente de quem o frequenta, incusive o Coffee Beans and Tea Lea terá o mesmo destino.

    Não que eu não concorde com voce tabibitosoul,é realmente muito desagradavel estar em um lugar,em que não se sente bem por causa das pessoas que o frequentam,principalmente por aquele lugar, até aquele determinado momento ser um tipo de “refúgio”para um mundo do qual não gostamos.

    Porém, trocar um lugar pelo outro,ou escrever um texto cheio de ódio ou indginação não resolve o problema,Agora quanto a situação dos jovens mimados roubando ou usando drogas,este dai já é outro problema,que saindo do starbucks para outro café,não vai resolver nada.

    Curtir

    1. OI, Paulo!!Obrigada pela sua opiniao e por ter compartilhado seu ponto de vista. Lamento que tenha dado a errônea impressão de arrogância da minha parte o que não é verdade. Não quis expressar com o texto nenhum discurso sócio-político, mas sim, expressar o que eu senti, já que o blog é baseado nas minhas experiências e visões. Talvez meu texto não tenha sido suficiente para mostrar aos leitores a lamentável situação dos pseudo-ricos indianos e seus filhotes. Foi apenas o que eu quis passar aos leitores. Ja, a interpreatacao do texto, é livre e concordar com ele ou não tambpem, já que vivemos em uma democracia. No mais, agradeço sua participação e aguardo mais visitas! Um abraço.

      Curtir

  2. Também passei por situação semelhante no Starbucks de Istambul em Sultanahmet, bairro turistico. Não havia turistas estrangeiros, o café estava lotados de adolescentes turcos, metidos a descolados e grudados em enormes smartphones.
    Abraços

    Curtir

  3. Olha eu ja tive o desprazer de viver esta experiência na Turquia. Em Istambul fui ao Starbucks para tomar uma bebida gelada e fugir um pouco do burburinho em Sultanahmet, mas pra que, tava infestado de adolescentes turcos barulhentos, la educados e metidos a descolados. Me arrependi mas já era tarde! Não aguentei esperar para terminar meu lanche e fui embora tomando meu frapucino de morango.
    Abraços

    Curtir

  4. To passando pela primeira vez em seu blog, e gostei muito do post. Olha, eu nao moro no Brasil há 4 anos, mas pelo que leio nos noticiários nao é diferente nao. A criminalidade tem aumentado principalmente para compra de drogas. O estabelecimento da minha mae foi assaltado esses dias, e um cara chapado com arma na mao levou todo o dinheiro do caixa. Nao sabia nem onde estava, e nao era nenhum maltrapilho. Era um drogado de classe média. 😦
    Abracos!

    Curtir

  5. Acho que isso é mundial viu, pois aqui no Brasil é igualzinho e na Itália onde morei por 1 ano também, infelizmente o starbucks virou modinha hipster, onde os adolescentes vão pra pagar de ‘cools’ e chiques e tirarem foto do café pra postar no instagram, ai onde era pra ser um lugar tranquilo pra tomar um cafezinho na santa paz acaba se tornando um lugar irritante de se ficar, olha que não faz tanto tempo que eu deixei de ser adolescente, tenho apenas 22 anos, mas sempre me irritei com esse tipo de coisas, por isso eu troquei o starbucks pelo Café Brasil, as bebidas e lanches são mais baratos e mais gostosos, além de proporcionarem um ambiente tranquilo livre dessa pirralhada insuportável.

    Curtir

    1. Oi, Ellen! Obrigada pelo comentário! Aaai…então o negócio é ficar longe do Starbucks, seja no Brasil, na Índia ou Itália. Mas, engraçado é que não vi este fenômeno nos Starbucks no Japão, China e Tailândia. Enfim….valeu pela dica do Cafe Brasil, que eu não conhecia. Com certeza, na minha ida ao Brasil este ano, vou tomar meu café lá! Um abraço!

      Curtir

  6. Oi Ju! Resolvi dar uma espiadinha aqui antes de responder sua mensagem e mandar umas fotinhos recentes, hehe.

    Olha, posso contar nos dedos as vezes que fui no Starbucks e sempre foi pq outra pessoa sugeriu ir lá. Vc sabe, eu até tomo café, mas não sou grande fã e não entendo o motivo das pessoas acharem chique pagar mais de US$ 5 por um copo de café! Por esse preço prefiro comer um belo Big Mac que enche mais a minha barriga, haha!

    Curtir

  7. Chocada!!! Aqui no Brasil e igualzinho!!! Pelo menos dentro de shoppings e ponto de encontro de adolescentes e pre-adolescentes por isso parei de frequentar pois a ultima vez que fomos ficamos irritados pela atitude deles.
    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s