Indiano agarra seios de estrangeira e sai correndo!

firangi
Talvez você esteja dando risada do título acima, mas é a mais pura verdade e aconteceu aqui bem pertinho de casa!!
Eu nem estava sabendo desta notícia, mas meu esposo ouviu ontem e, quando fui conferir na internet, a notícia estava lá!E, claro, não resisti e estou aqui compartilhando com vocês.

Parece que a moça estuda na Universidade de Mumbai e tem 24 anos. Estava voltando para casa, por volta de 7:30 da noite, em um dos famosos autoricksaws que te deixam louca no trânsito, quando um louco, do nada, meteu as mãos para dentro do carrinho e agarrou os peitos da moça!

Primeiro, claro, ela ficou chocada, mas segundos depois, começou a gritar e nisso, a multidão começou a se juntar. Quando viram do que se tratava, um monte de gente saiu correndo pra pegar o cara. Conseguiram e, depois de darem uns bons tabefes nele, descobriram que ele trabalha em uma empresa aqui da região!O tarado já está respondendo pelo crime de atentado ao pudor.
white1
É mole? Bem, até hoje eu já tinha lido na internet vários relatos de estranegeiras e brasileiras que diziam terem levado uma passada de mão ou encontrado a famosa ”mão boba” aqui na Índia. Claro que tudo depende do jeito que a pessoa se veste e se porta aqui, tanto que eu nunca passei por nenhuma situação parecida, mesmo voltando sozinha do trabalho, andando, às 21:00. Mas, talvez eu tenha uma explicação para isso: Como eu tenho a mesma aparência da maioria das indianas aqui, talvez o meu tipo físico não seja tão atraente para eles. Já não é o que acontece com a maioria das mulheres de pele branca que caem de pára-quedas aqui. E, olha que em Mumbai a coisa é bem mais avançada e as indianas usam até shortinho e mini-saia, coisas que nem no Rio de Janeiro eu nunca usei!Mas, enfim…que para a maioria doas asiáticos (não só indianos), as ocidentais são fáceis, exibem o corpo, bebem, adoram balada e estão sempre dispóníveis para o sexo. Essa é a grande verdade. E, não pensem que é um problema só dos indianos não, porque eu vivo na Ásia há mais de 6 anos, já conheci gente de vários locais desse continente e posso te dizer que a maioria pensa assim. As mulheres do seu país são puras e do tipo `para casar`, enquanto as ocidentais são as devassas e pomba-giras.
white3
No caso da Índia, Bollywood tem contribuído bastante para a propagação desta idéia, já que em praticamente todos os vídeos, aparecem mulheres loiras semi nuas e dançando como loucas.
Este fim de semana eu pensei exatamente sobre isso quando estava no cinema assistindo o filme Boss. Em uma das canções tema do filme, o rapper Honey Singh canta: “Party all night, party all night…a vizinha pode até chamar a polícia, mas a festa continua!” E, enquanto ele canta isso, o astro Akshay Kumar joga champagne ou sei lá o quê em um bando de loiras seminuas e rebolativas. Enquanto isso, a queridíssima atriz indiana Sonakshi Sinha dança moderadamente, já que ela mesma decidiu que mostrar o corpitcho para ganhar ibope é algo que ela jamais fará. Por isso ela é tão querida.Mas, estou mostrando isso só para vocês terem uma idéia de como esse fetiche surge.

white2
Se você nunca assistiu um vídeo de Bollywood, aqui vão alguns:

É isso, gente! Um abraço e até a próxima!
by Tabibito

Anúncios

3 comentários sobre “Indiano agarra seios de estrangeira e sai correndo!

  1. Oi, Ju!

    Assunto delicado esse, hein? Leio suas postagens, mas dessa vez preferi comentar também.

    Você deve saber que os casos de estupro na Índia é algo realmente preocupante (lembra da moça que foi atacada por vários homens no ônibus? Até por aqui a notícia causou revolta). Porém, tanto na cultura daí como na nossa (ou em qualquer uma), acredito que a culpa é sempre do vagabundo que não sabe se controlar, ou não tem educação/sensibilidade suficiente para conviver em sociedade. Não sou aquelas feministas malas, mas dizer que a culpa por ter sido agarrada é da vítima é um tantinho machista, não?

    Esses dias vi um vídeo bem interessante sobre o assunto. Não sei se você chegou a assistir, mas taí o link:

    Sei lá, acho que esse assunto rende uma boa discussão, mas o fato é que tem que haver uma mudança na mentalidade para que esses casos parem.

    BJs!!!

    Curtir

    1. Oi, Chris!!Que honra tê-la por aqui!Sim, sim…eu acho que esse tipo de mentalidade e caráter começam a ser moldados desde cedo, seja para o bem ou o mal. E, não acho que tenha relação com a religião, pois todo mundo aqui é bem religioso. O caso do estupro do ônibus é algo tão horrendo….uma verdadeira tragédia. É estranho aqui termos tantas divindades do sexo feminino que são tão cultuadas e não respeitarmos as próprias mulheres que estão à nossa volta. Esse vídeo que você postou aí é super interessante e está causando um furor! Obrigada pela colaboração!Beijos mil!

      Curtir

  2. Olá Juliana! Realmente esse assunto é algo que me incomoda bastante. Quando eu estive no Irã também senti que em determinadas cidades como Shiraz, onde eu era mais parecida com o povo eu não chamava tanto a atenção. Porém em outras cidades, eles notavam rápido que eu era de fora. Quando andei sozinha ninguém chegou a me incomodar, só um tiozinho no museu de Yazd que queria ficar pegando em mim toda hora enquanto conversava. Como lá não é permitido mostrar o corpo, o equivalente seria deixar o cabelo mais a mostra e usar maquiagem e roupas bem coloridas. Cheguei a ver algumas gringas desavisadas com roupas compridas, mas transparentes, mostrando os tornozelos. Os iranianos não chegam a fazer isso que os indianos fazem, mas eles olham e muito e sabe-se lá o que dizem!
    Abraços!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s