Feticídio feminino – Mudanças à vista?

khap1

Muitos de vocês que acompanham e ficam boquiabertos com as notícias da Índia, devem lembrar daquele grupo que proibiu as mulheres de usar celulares, alegando que isso aumentava o número de relações extra-conjugais.
Para ler mais, clique aqui: http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2012/12/04/vilarejo-indiano-proibe-mulheres-de-usarem-celular-477621.asp

Esse grupo se chama Khap Panchayat, e é um dos clãs mais famosos e temidos da Índia. Eles atuam sobretudo em Haryana, Uttar Pradesh e alguns locais do Rajastão. Tabibito morava lá e teve a chance de conhecer um pouco da mentalidade desse pessoal. Um dia eu conto para vocês a experiência. Mas, primeiro, vamos à notícia.
khap4

Conhecido pelo extremo machismo e pela segregação de sexos, os khap agora decidiram unir as forças contra o feticídio feminino. Como muitos de vocês sabem, o feticídio feminino ainda é muito praticado am alguns países na Ásia e, a Índia, claro, não é exceção.
khap5

Mas,porque logo os Khap iriam querer aderir a esta causa? – Todos se perguntam. Segundo informações, recentemente o número de poligamia e traição têm aumentado e, os khap estariam temerosos em relação ao seu futuro. Devido a falta de mulheres na vila, muitos têm ido buscar noivas em outros estados e acabaram sendo enganados por elas, que logo os abandonaram após o casamento (sim, os maridos são sempre uns anjos!)

Cobrir o rosto na presença dos homens, mesmo dos de casa e um dos costumes desses vilarejos.
Cobrir o rosto na presença dos homens, mesmo dos de casa e um dos costumes desses vilarejos.

Os Khap agora estão procurando investir na conscientização dos moradores das vilas e instruindo-os a não dar ou receber o tão desejado DOTE. Sendo assim, as meninas deixariam de ser um fardo para suas famílias.
Nosso objetivo agora é tentar educar as mulheres e fazê-las independentes, diz o líder do clã.
khap3
Graças ao feticídio, Haryana hoje possui um número de mulheres bem inferior ao de homens, segundo um censo realizado na região.
A reação do clã mais famoso da Índia surpreendeu a todos, mas pelo menos, serviu para trazer esperança ao coração de muitos. Vamos ficar de olho e ver os resultados.
Nós, do Tabibito, desejamos que eles realmente se empenhem nessa campanha e que as mulheres possam ter uma vida mais digna e possam ser melhor acolhidas e amadas desde o momento que chegam neste mundo.

E que o homem não destrua a obra do Criador.
E que o homem não destrua a obra do Criador.

by Tabibito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s