Casamento por sequestro – Hein???

bridekidnap2

 Imagine só a cena: Você está com suas amigas numa praça, conversando. De repente, aparece um carro com alguns rapazes, te colocam à força dentro do carro e te levam para uma…..cerimônia de casamento!Onde, claro, a noiva é…VOCÊ!!!

bridekidnap3

bridekidnap

     Parece cena de filme, certo? Mas é real e é uma tradição do Quirguistão. O nome desta prática é  Ala Kachuu. Apesar de ser proibido por lei e condenado pelo Islam, o casamento por sequestro continua acontecendo no país. Vejam o interessantíssimo documentário abaixo e veja como na Ásia, muitas vezes, a tradição está acima da lei e da religião;

E aí? O que vocês acharam do casamento por sequestro?

Um abraço e até a próxima!

by Tabibito

Anúncios

14 comentários sobre “Casamento por sequestro – Hein???

  1. Na nossa constituição até o ano de 2002 existia uma lei art.1520 que dizia se que caso o agressor casasse com a vítima sendo ela incapaz ele se livraria de sofrer por tal penalidade, somente em 2005 foi sancionada uma lei revogando essa impunidade, isso dentro de nossa sociedade em pleno novo milénio, não estamos tão evoluidos assim nossa constituição ainda tem ou teve a muito pouco tempo leis absurdas.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Claudia!!!Obrigada pelo comentario. Tambem nao sabia disso. Alias, o Brasil tambem esta a anos luz de muitos paises, ja que acabei de ler uma materia da revista Exame dizendo que a cada 11 minutos, uma mulher eh estuprada no Brasil.

      Curtir

      1. Sim de 11 em 11 minutos é a média que eles tem dentre os estupros que chegam a virar boletim de ocorrência, e aqueles que não são divulgados por preconceito, medo, aqueles que ocorrem dentro das próprias famílias e ninguém nunca sabem ou quando a Pessoa. tem coragem de relatar já e adulta não tem mais oq q fazer ainda sofrem ofensas de terceiros e acha q o melhor era ter sido ficar caladas? São inúmeros e sem dúvidas a vítima as vezes é tratada de forma hostil pela sociedade que a julga, no google é possivel ver o caso de uma moça q aos 13 anos foi estuprada, contou para os pais que ficaram horrorizados e para solucionar o caso foram agraciados por essa tal lei 1520, ela passou 11 anos casada com o seu agressor, matrimônio que lhe rendeu 5 filhos, isso na decada de 90 a início de 2000 moradora de um grande municipio que é Guarulhos SP, história absurda mas real.

        Curtir

  2. A tradição acima da lei, é realmente uma polêmica. No Rajastão/Índia, por exemplo, por mais que seja proibido casamento infantil, é uma prática comum, principalmente no interior

    Curtido por 1 pessoa

  3. Ai menina, que coisa horrorosa.É como se a vítima fosse obrigada a se casar com o cara que a estuprou – até o modo como planejam o sequestro da vítima é exatamente o mesmo que um estuprador faz. Coitadas… não é de se espantar que tantas venham a se suicidar depois.

    Curtir

  4. Credo que coisa de louco, Deus me livre!! (Não pude me conter e dizer que detesto esse jogo de se divertir às custas de um animal. Que judiação. O ser humano é terrível com os próprios humanos e com os animais).
    Agora, imagine, o que se passa na cabeça de uma sociedade que trata a mulher assim? Quando a gente pensa que o choque cultural se resume a forma de comer ou se vestir nem temos ideia de que vai muito além. São capazes de coisas que nem passam pela cabeça da gente, to passada!!
    Beijos!!

    Curtir

    1. Oi, Star!Sim…a parte do animal eu também achei péssima. É verdade…eu fiquei passada também com o fato de eles premeditarem o sequestro e a policia local nao fazer nada. E, o pior: a amiga da noiva ainda deu uma maozinha os sequestradores! Mas, maior choque foi ver o conformismo da noiva. Ó, céus!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s