Como a mulher brasileira é vista na Ásia?? – Parte 1

 brasileira_asia4

brasileira_asia5

 Quem já morou fora do Brasil ou já teve contato com vários estrangeiros sabe que a fama da mulher brasileira no exterior é péssima. Aqui na Ásia ,mais especificamente aqui no Japão, onde eu moro,  não é diferente.

Nesta série de posts, gostaria de contar algumas situações pelas quais passei aqui na Ásia para refletirmos juntos sobre como a mulher brasileira é vista e se ainda é possível fazer algo para mudar esta terrível fama.

  Antes de começar a contar as situações, gostaria de expressar um pouco da minha opinião sobre o assnto: Acho que só o fato de se usar o estereótipo da mulher brasileira semi-nua, sambando, toda suada, já é algo extremamente ridículo e, sabemos que num país como o nosso, onde temos várias misturas, culturas e religiões, não é possível criar um estereótipo. Somos todos brasileiros sim, mas temos nossa próprio background cultural, que inclui nossa educação, valores morais, valores religiosos e mais uma série de outros fatores. Portanto, uma pessoa que acredita num estereótipo exaustivamente oferecido pela mídia, já prova o quão ignorante ela é.

  brasileira_asia3

  Bem, mas, tudo isso que eu falei é muito bonito na teoria, porque sabemos que na prática a coisa é bem diferente. Os comentários abaixo são algumas das atrocidades que eu já tive que ouvir não só dos japoneses, mas, também, de outros colegas asiáticos. Estão sentados? Ótimo, porque tem cada pérola…

“ Brasileira?Ah!Então você sai pelada todo ano no Carnaval ?” (esta é clássica e foi perguntada por um japonês colega de trabalho)

  globeleza2

– “Noossa…que horror essas brasileiras que vem aqui no guichê. Estão sempre mostrando a barriga. “(japonesa)

– “Nossa…como conseguem usar aquelas roupas tão coladas e com os peitos quase saltando para fora? “(japonesa)

– “Noossa….ela já é mãe e não se veste como uma mãe. Aaai…não entendo isso!” (japonesa)

– “Noossa…será que elas não têm vergonha de andar assim? “(jap)

brasileira_asia2

– “Eu ouvi dizer que no Brasil as pessoas fazem sexo na rua, em qualquer lugar.”(jap)

– “Essas brasileiras têm filho muito cedo. Que horror…porque? “(jap)

– “As brasileiras até são legais. Tenho várias amigas no colégio, mas eu prefiro casar com uma chinesa. Meu pai mesmo disse: Se você casar com uma brasileira, já sabe, né?” (fazendo sinal de corno) – brasileiro adolescente descendente de chineses.

– “Eu tenho várias amigas estrangeiras, elas me atraem, mas eu NUNCA vou casar com elas. Tenho que casar com uma indiana, porque as indianas respeitam o marido. E, elas tratam o marido como se fosse um deus. Todos os dias eu vejo a minha vizinha tocando os pés do seu esposo.” (indiano)

  touchmenfeet

  Bom…essas foram só algumas das pérolas que eu já ouvi por aqui. Deve ter muito mais, mas, graças a Deus, não me lembro de todos!

  E, fui obrigada a ouvir tudo isso mesmo me vestindo sempre de um jeito super discreto e nem mostrar nada. Eu já não mostrava nada mesmo na época que morava no Brasil. Nunca fui muito chegada, mas, eu acho que cada um faz o que quer com o seu corpo e usa a roupa que bem entender. Sim, um pensamento bem brasileiro, não?

  Pois é, mas isso não se aplica aqui na Ásia. Não digo só no Japão, não. Na Ásia, de uma maneira geral. Talvez em Bangkok, você possa usar o tipo de roupa que quiser que eles não vão te amolar muito. Talvez te confundam com um ladyboy, mas isso é o de menos!!!

  Na verdade, na Ásia, de uma forma geral, não só as brasileiras, mas as ocidentais de uma forma geral, são vistas como fáceis, liberais demais e …usando um português bem claro…putas! Uma prova disso é este indigesto comercial. Vejam:

  Continua no próximo post.

   Um abraço e até a próxima!

    by Tabibito

Anúncios

28 comentários

  1. Bom não quero defender o comportamento errado de nós brasileiras até porque não me enquadro mesmo nesses requisitos kkk.mas boa parte dos comentários das japonesas são apenas inveja pois as brasileiras são consideradas as mulheres mais bonitas do mundo com os cabelos mais caros também e as japonesas se vestem de dia comportadas mas quando tomam umas baixa a quenga também, então é uma hipocrisia sem precedentes.kkkk

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu tive de vir comentar aqui. Engraçado é ver alguns comentários, o pessoal criticando o preconceito dos estrangeiros mas “ah, mas tem algumas mulheres que usam roupas curtas e…”
    É triste ver que até os próprios brasileiros tem esse pensamento machista de que a mulher tem que se vestir do jeito que os outros querem. “Ela até pode usar uma roupa mais justa, mas assim já é demais”
    Ok, e quem impõe o que é certo e errado? Quem determina até o quão justo ou curto ela pode usar uma roupa? Esses tipos de pensamentos me deixam indignada. A gente tem que entender que a mulher não tem que se vestir pra agradar ninguém além de si mesma. Se a pessoa gosta de se vestir ou agir de alguma forma, desde que não ofenda ninguém e não seja contra a lei, então ela pode. E ninguém tem que falar nada sobre isso, porque não é opinião. É discriminação.
    Sinto muito por você passar por esse tipo de situação aí fora, mas até aqui mesmo nós passamos coisa desse tipo. Está cada dia mais difícil ser mulher.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Aff que comercial ridículo! Hahaha e sobre fazerem sexo na rua, eu já vi, não. foi um, nem dois, nem três casos, kkk mas eu já vi, e quando eu trabalhava no centro de São Paulo e saia tarde do trabalho, as ruas lá são tomadas pela prostituição, então via cada coisa que meu Deus kkkkk uma vez um indiano queria que eu tirasse fotos das pessoas nas ruas e mandasse pra ele, pela excessiva curiosidade em saber sobre o carnaval acho q ele tinha esperança q as pessoas da foto estivessem peladas andando nas ruas kkkkk

    Curtido por 1 pessoa

  4. as japonesas nao tem o direito de julgar as mulheres brasieliras o estilo kawaii da japonesa pode até ser mais infantil e fofo, mas elas nao deixam de usar minissais e meias até a coxa. Até a saia da escola elas encurtam e depois nós que somos atirados.
    Sim as mulheres brasileiras ALGUMAS sao mais ”atiradas’ mas é muito preconceituoso isso de julgar nossa cultura e o povo brasileiro sem conhecer (ignorancia no assunto), as vezes os brasileiros dao motivos de serem julgados, mas isso nao é motivo do povo do exterior generalizar e causar constrangimento.
    nenhum nem outro tem o direito de julgar nem de falar nada por que os dois estao errados de qualquer jeito.
    bjos adorei o seu blog :3

    Curtido por 1 pessoa

  5. — “ Brasileira?Ah!Então você sai pelada todo ano no Carnaval ?” (esta é clássica e foi perguntada por um japonês colega de trabalho) —

    Eu responderia ” ごめん。 私はカーニバルすきではありません。” (Gomen. watashi ha kaanibaru suki dewa arimasen / Desculpe. Não gosto de Carnaval) ou um curto e seco ” 私はカーニバルきらいです” (watashi ha Kaanibaru kirai desu / Eu odeio carnaval). Escrevi certo??? Acho que sim.

    Mas essa: – “Nossa…como conseguem usar aquelas roupas tão coladas e com os peitos quase saltando para fora? “(japonesa) —

    Tenho que concordar em parte com elas. Uma coisa é uma peça de roupa um pouco justa contrastando com outra larga e um decote mostrando parte do colo, mas se você for olhar o instagram tem vestidos que não dá pra saber como a mulher ta fazendo pra respirar e esconder a calcinha ao mesmo tempo, além das calças que são apertadas até o útero, decotes que vão até o umbigo, shorts que parecem calcinha e algumas blusas tão pequenas que me fazem questionar se não seria mais fácil ela saírem de sutiã. É CLARO QUE AS ASIÁTICAS EXAGERAM MUITO, mas isso também é culpa nossa (das brasileiras)!!!

    Curtido por 1 pessoa

  6. Há 25 anos atrás eu morei na Espanha e confesso que, ao observar os meus compatriotas e sentia muita vergonha. A maioria esmagadora dos brasileiros que eu via nos mais diversos lugares eram da seguinte forma: brasileiros “homens” era gays e faziam a maior questão de não deixar dúvidas sobre sua opção sexual. Já as brasileiras faziam questão de passar uma imagem de mulheres liberais e sem constrangimentos por abusarem do uso de palavrões nas conversas, roupas muito curtas, tatuagens e uma aparência de que nem banho tomavam. Quem ler esse comentário pode imaginar o que quiser. Pode dizer que estou exagerando, que eu não gosto da fruta, que sou um babaca … qualquer coisa, mas o que escrevi aqui é a mais pura verdade, infelizmente.

    Curtir

  7. Infelizmente, a má fama da mulher brasileira no exterior é culpa dela própria. Quantas brasileiras não se atiram nos braços do primeiro turista que aparece aqui ou atacam algum homem e se casam, quando moram fora do Brasil? Não vejo isso ocorrer com mulheres de outros países. Estas são muito mais reservadas e desconfiadas de homens de outros países.

    Essa má fama só irá diminuir quando a própria mulher brasileira se valorizar e deixar de pular nos braços do primeiro gringo com o qual encontra.

    Curtir

    • Obrigada pelo comentário. Depois de ter morado no Japão e agora morando na Índia, o que vejo é que mulher atirada e vadia existe em todo canto do planeta. Talvez, a diferença esteja no modo em como ela se atira pra cima de um cara/estrangeiro. Talvez no Brasil elas sejam mais expansivas,ainda mais porque não é da nossa cultura ficar fazendo doce ou tipo para um cara. No caso das asiáticas, elas se atiram da mesma forma, muitas vezes até pior, mas as táticas são diferentes.Mais uma vez, obrigada pelo comentário! Um abraço!

      Curtir

    • Pelo amor de Deus, as mulheres brasileiras e qualquer mulher do mundo são livres, ou, pelo menos, deveriam ser. Não é o tipo de roupa que fala quem são e vc deveria saber disso, já que o q uma mulher faz e veste além de não ser da sua conta, não devia nem ser de seu interesse, então, por favor, vai arranjar um trabalho e para de ficar com pensamento machista perto das pessoas.

      Curtir

  8. diz você que ás japonesas fam mal das brasileiras………… PORQUE VOCÊ NÃO DIZ QUE NO JAPÃO EXISTE UMA EPIDEMIA DE CASO INCESTUOSOS ENTRE MÃES E FILHOS NO JAPÃO O GOVERNO NÃO SABE MAIS OQUE FAZER 2° ESTUDOS GOVERNAMENTAIS RELATA QUE 50 % DAS MÃES JAPONESAS TRANSAM COM OS FILHOS…..ISSO NINGUÉM FALA NÉ…..SEGUE O ENDEREÇO….Hipernovas: Os incestos entre mães e filhos no Japão!
    http://www.hipernovas.org/…/os-incestos-entre-maes-e-filhos-no.htm

    Curtir

    • Ola, brasileiro!Obrigada pela visita e pelo comentário!Apesar de ter morado 7 anos no Japão, nunca tinha ouvido falar destes casos qe você relatou, apesar de saber que eles sempre gostam de abordar esta temática em seus filmes pornôs. Infelizmente, o link que você me mandou não abriu aqui. Se você tiver esta informação em outro link, poderia me mandar? Um abraço.

      Curtir

  9. Muito interessante saber da imagem do brasileiro no exterior, acredito que sem dúvidas, são rótulos preconceituosos. Com certeza existe todo tipo de pessoas no Brasil, mas há também pessoas que são sérias e querem serem respeitadas. Muito obrigada por suas postagens que são excelentes.

    Curtir

    • Olá, Eunice!Obrigada pelo seu comentário. Sim, é verdade. Até é possível ganhar o respeito deles aqui, mantendo a postura, mas no começo, com certeza, sempre temos que ouvir determinadas piadinhas e comentários como os que eu postei. Um abraço!

      Curtir

  10. haha essa de fazer sexo na rua é clichê! Já me perguntaram se era verdade, pois ouviram falar que as pessoas fazem sexo em praça pública. E as piadinhas de que o cara vai ser corno porque a esposa é brasileira também faz parte do pacote de absurdos que temos que ouvir e olha que isso chega a ser dito pelas próprias brasileiras.

    Curtir

  11. Eu vivo um dilema com este assunto, sou um pouco liberal e um pouco machista ao mesmo tempo, óh céus!

    Sobre certas vestimentas, eu acho que não é um crime usar pouca roupa, tipo saia curta, blusinha com um pouco da barriga aparecendo, eu acho até bonito uma pessoa com um corpo legal com esse tipo de veste e é exatamente o que acontece, pelo menos no Brasil, quem tem corpo bom na maioria das vezes usa roupa assim. Eu nunca usei nada disso em toda a minha vida, porque não tenho corpo bom para isso, não fica nada bom, fica ridículo na verdade hahaha e também porque acho que não faz muito meu estilo.

    Mas o outro ponto é, mulher com um visual assim chama mais atenção, não só das mulheres, mas dos homens também, se for do tipo gostosona todo mundo vai parar para olhar. O namorado/marido da gostosona não vai gostar dos homens cobiçando e as mulheres que não se sentem à vontade com este tipo de roupa se sentirão ameaçadas e preteridas.

    A questão central é: excesso de malícia e erotização do corpo, da mente, se tivéssemos a mentalidade dos indígenas, que não estão nem aí, andam para cima e para baixo peladões, sem dar tanta importância à nudez ou pouca roupa, talvez certos julgamentos das pessoas por suas vestimentas não seria tão intenso e ruim. Claro que estou falando somente sobre roupas e não sobre comportamento vulgar.

    Já os asiáticos, por sua vez, são tão recatados que mal conseguem demonstrar afetuosidade em público.

    Lógico que brasileiro, em geral, exagera na dose na maioria das vezes, mas uma visão recatada da coisa sempre faz tudo parecer muito pior do que é.

    Aff, é um tópico sem fim hahaha

    Curtir

    • Sim, eu também penso assim. É bem complicado mesmo. Eu sempre andei bem coberta no Brasil, mesmo morando no RJ, mas nunca critiquei quem quisesse usar sua barriga de fora, seus shortinhos etc. Aliás, sempre estive tão acostumada com este cenário, que quando cheguei no Japão, realmente me assustei quando vi que o povo acha “sexy” demais usar roupa sem manga. Sim..como você mesma disse..é um tópico sem fim…Um abraço.

      Curtir

  12. O pior é que esse estereótipo “mulher brasileira = puta” não é exclusividade asiática, já virou algo generalizado (vide os inúmeros casos de turistas, professoras universitárias e etc que são impedidas de desembarcar em países europeus só por serem brasileiras). E infelizmente parece que tem muita mulher que tem “orgulho” desse tipo de imagem, achando que isso é sinal de modernidade ou sei lá o quê (vc e eu bem conhecemos umas peças assim nééé).

    Enfim, mulher fácil tem em qualquer lugar do mundo (como as “virtuosas e santas” korebinhas e indianazinhas da facul que ficavam rodeando os americanos/europeus brancos como mosca em volta de pão doce). O lance é desencanar e cada uma se dar ao respeito (isto é, se a mulher quiser ser respeitada né, já que o que não falta por aí é mulher doida pra se sentir o último biscoito do pacote).

    Curtir

      • não é só as asiaticas que dao mole pra europeus e americanos, aqui no Brasil muitas adolescentes e mulheres adultas dao mole pra eles também….. mas principalmente adolescentes esta grande o numero das que gostam deles. Mas olhando por um lado os europeus, em sua maioria atraem mais pessoas (fisicamente), por que será??? voce ja reparou? não é só na Ásia que é assim!

        Curtir

    • Amiga, pelo amor de Deus, para de ser machista. Tira esse pensamento da sua cabeça, pois ele não te pertence. Não existe essa de mulher fácil ou não, existe a que gosta de transar com qualquer um e com vários, o q não interessa a ninguém, pois é a vida dela e a que quer se guardar e não gosta de dá. TODAS DEVEM SER RESPEITADAS, NÃO IMPORTANDO SE QUEREM DAR OU NÃO. Puta não é pessoa que dá, pois essa pessoas tb merecem o nosso respeito, a única diferença é q elas gostam de ter uma vida sexual ativa. Todos merecem respeito, não importando cor, sexo ou gênero de pra quem quer dar.

      Curtir

  13. É minha querida…, ninguém merece….
    Até quando, meu Deus, isso irá continuar?
    Na verdade já estou pensando em mudar de país faz tempo…, ou melhor, acho que agora quero mudar é de Planeta, pois o que tenho visto e ouvido sobre todas as nações do mundo é de assustar qlq ser humano… Que tal a idéia Tabibito? 🙂 Saudades! Bjs,

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s