Os japoneses são frios? – Parte 4

  Continuando a nossa série de posts sobre a tão famosa frieza japonesa, vou continuar colocando o meu ponto de visto sobre alguns dos comentários que costumava ouvir no Brasil. Vamos lá!

Os japoneses são falsos. Já viram o sorrisinho deles?

 yamaha tomi

 Para mim, tem relação com aquele lance do Tatemae, que eu expliquei. Eles vivem abrindo sorrisos e cumprimentado, porque isto faz parte do padrão de comportamento básico esperado de um japonês.. Mas, isso também não quer dizer que eles morram de amores por você.

O jeitinho de sorrir, é bem característico mesmo e você não vê o mesmo tipo de sorriso em coreanos e chineses. Aliás, esse sorriso é algo contagioso e você acaba ficando com a mesma mania deles, de sorrir demais.

 Aliás, uma coisa que eles reclamam demais aqui para mim é que nós, brasileiros, não sorrimos muito.

  Olha, eu acho até que nós somos bem simpáticos e sorridentes, mas acontece que eles aqui só têm contato com os brasleiros que vêm trabalhar em fábricas aqui o Japão, trabalhando até altas horas da noite, ganhando mal e muitas vezes, devendo para Deus e o mundo! Difícil sorrir levando uma vida assim, né?

  Mas, eu sempre faço questão de deixar claro para eles que os nossos brasileiros são muito mais simpáticos e de bem com a vida. Mesmo os que levam uma vida dura pra caramba, tem que subir o morro todo dia, estão sempre cantando, sorrindo. As pessoas no Brasil têm sempre uma alegria de viver e um ânimo danado, por pior que esteja a situação.

  Realmente não sei o que acontece com os brasileiros que moram aqui. Mas, voltando ao assunto…que os japoneses sorriem mais que nós, isto é verdade. E,muitas vezes, isso dá a impressão de que eles estão debochando da nossa cara ou estão sendo falsos. Por isso, antes de julgar é importante conhecer a cultura alheia.

 – Os japoneses são só eles! Não deixam ninguém entrar no grupo e nem fazem questão disso.

japaneseonly1 japaneseonly2

  Essa é, na minha opinião, uma das questões mais difíceis e delicadas de serem respondidas, mas vou me esforçar o máximo para ser bem clara. Mesmo que hoje eu tenha me acostumado bem ao ritmo e estilo de vida daqui, as fotos acima não me deixam mentir.

  Quem curte o Japão ou cultura japoneses deve saber o quanto eles consideram o grupo. Tudo aqui é feito em grupo e eles aprendem isso desde a época da creche. Então, para eles, é algo bem natural. Afinal, sendo adestrados desde bem novos, tudo passa a ser normal quando se cresce.

 Ouvi muito essa frase acima, de que os japoneses são só eles e não se misturam. Ouvi muito lá em casa. Minha mãe saiu com esta teoria depois de um ano que ela foi me levar para prestar aquela prova de proficiência em língua japonesa. Naquele dia, vários grupos de japoneses e descendentes, vindos lá das colônias do interior do Rio estava lá. Lá para umas 10 horas, eles se juntaram todos, abriram sus isopores e começaram a comer. Uma farofada só. Minha mãe, estava sozinha e era a única mãe brasileira lá. Eles comeram, beberam, arrotaram e, nem tiveram a consideração de oferecer algo ou chamá-la para entrar no grupo. Ela considerou isto uma tremenda falta de educação e daí, ficou com raiva deles.

piquenique

 Não a tiro a razão, pois acho que seria muito bom e educado se tivessem se aproximado e oferecido alguma coisa, mesmo que ela recusasse.

     Olha, depois de morar estes anos todos aqui no Japão, eu posso dizer que fazer parte do grupo dos japoneses, não é tarefa fácil. Demora algum tempo para você entendê-los e entender este lance do grupo e também demora algum tempo para eles confiarem em você e te fazerem sentir parte do grupo. Realmente eles são bem reservados e por mais que você os conheça há algum tempo, dificilmente eles vão te chamar para ir na casa deles. Há exceções, é claro. Posso estar errada, mas até mesmo para os próprios japoneses é dificíl ser aceito como parte do grupo. Se você não segue um determinado padrão de comportamento, provavelmente o próprio grupo irá te rejeitar. E, aí, vira alvo fácil para o bullying. Então, muitos acabam sempre aguentando muita coisa e nunca mostrando quem eles realmente são para poder continuar incluído no grupo. E, num país onde tudo funciona em grupo desde que nascem, ser excluído do grupo é algo muito sério para eles. Alguns não aguentam a pressão e acabam se matando, até.

excluido

    Foi difícil e demorou mais de 1 ano até eles realmente confiarem em mim e me darem trabalhos e coisas para fazer sozinha, sem ter ninguém na minha cola direto. Eu acho que para uma estrangeira e, sendo brasileira (sim, porque europeus e americanos não contam), eu até que faço parte do grupo, de certa forma. Não sei muito bem também o que é fazer parte do grupo, mas no geral, nós nos damos bem e trabalhamos sem maiores problemas. Acho que então, talvez hoje, eu faça parte do grupo. Mas, também não sei dizer ao certo. Mas, acredito que aqui no Japão leve-se o dobro ou triplo de tempo que demoraria no Brasil para alguém ser considerado parte do grupo.

   Mas, e as fotos ali em cima, proibindo a entrada de estrangeiros nos locais? Olha, elas são reais e foram tiradas aqui no Japão. Não é montagem, não. Eu mesma já fui proibida de entrar em restaurantes duas vezes.  Isso aí já foi tema de um post há uns meses atrás, mas é sempre importante relembrar. A princípio, os japoneses são bem gentis com todos. Mas, se tem uma coisa que eles odeiam é quando alguém perturba a tão prezada Chouwa ( 調和harmonia ) deles. Isso inclui muitos comportamentos, como falar em outro idioma dentro do trem, fazer barulho, bagunça em locais públicos ou até mesmo fechados…resumindo: Qualquer comportamento que fuja do padrão deles. E, a verdade é que o comportamento da maioria do ocidentais foge completamente ao que eles consideram como padrão. Mas, o pior de tudo é que nesses locais onde colocaram as placas, são bares e pubs frequentados por japoneses, também. E, vocês já viram o que japonês faz quando bebe?? Nem te conto…Só para você ter uma idéia, uma das funcionárias de onde eu trabalhei era conhecida por sempre tirar a calcinha quando ficava bêbada. Só para você sentir o nível.

 calcinha

Uma vez eu fui num restaurante, nem era um bar, e tinha uns grupo de japoneses bebendo, bebendo e..de repente, o cara tirou as calças, ficou nu em pêlo e começou a dançar em cima da mesa!!!!!E qual foi a reação dos funcionários do restaurante? Riram e fecharam a cortina que separava o nosso assento do deles. Mas será que eles teriam a mesma reação se alguém do nosso grupo, que tinha vários estrangeiros, fizesse isso?? Porque japonês pode e estrangeiro não? O efeito da manguaça não é o mesmo em ambos?  Aí é que está.

japa japa2 japa4

  Como acabei escrevendo demais, vou deixar as outras considerações para o próximo post. Mas, o que vocês acham?? Os japoneses são preconceituosos ou não?

       Um abraço e até a próxima!!!!

       by Tabibito

Anúncios

4 comentários sobre “Os japoneses são frios? – Parte 4

  1. Penso que os japoneses não se misturam pois não só não gostam de nenhum outros povos, mas também se envergonham de ser assim. Basta pesquisar no Google sobre o tema: “Atrocidades cometidas pelo Japão”.
    Eles são frios ou melhor foram frios… quem sabe???
    Simplesmente arrumaram encrenca com todo mundo. Tive a oportunidade de visitar a China, os EUA, conviver com Coreanos e é unânime a opinião daqueles que convivi. “Quando um japonês entra por uma porta saímos pela outra, ou quando lá está um japonês evitamos contato”
    Não se baseiem em apenas no que escrevi, pois não sou um profundo conhecedor de história contemporânea, apenas pesquisem na internet!!! Vai desde estupros coletivos, bombas com pulgas contaminadas, competição de matança de prisioneiros com espadas, até escravização daqueles que foram dominados. Portanto quando verem um japonês dando aquele sorriso característico saiba que o significado na maioria das vezes é: Não gosto de você, mas te tolero!!!
    Não acreditem somente no que escrevi…. PESQUISEM.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu acredito muito na lei da ação e reação: eles são tão preconceituosos quanto as raças, que atualmente dependem de estrangeiros para viverem. Contraditório né!

    Outra: eles já pararam para pensar na questão do alto índice de suicídios?

    Sou descendente e gosto do Jp, mas está na hora deles reaverem os seus valores principalmente no quesito sentimentos

    Curtir

  3. Olha, em partes eles parecem ser legais, bem gentis. Mas eu acho que desde pequenos eles foram ensinados a não se misturar com estrangeiros, não a odioá-los, mas não se inturmar muito, claro que não são todos, mas a maioria. Eu acho que eles agem assim, com descriminação, por causa das leis e regras que o país impõe. Tipo,os outros sempre falam que quando voce vai numa loja, comprar algo, eles sempre te tratam bem, mas eles ficam iguais ao um robo,não agem por conta própria, são meios que forçados a ter tal gentileza, digamos assim. No fundo eles podem ser gente boa, mas a sociedade meio que força a eles ter outras atitudes.

    Curtir

    1. Sim, Mayara Concordo com você em número e grau!É verdade. E, também, devido a educação fundamental que eles recebem aqui no Japão, que faz de alguma forma, com que todos se comprotem, pensem e ajam da mesma maneira. Obrigada pelo comentário!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s