Os japoneses são frios?? – Parte 3 – Desmistificando….

frieza2  Bom, no último post coloquei vários exemplos que aconteceram comigo aqui no Japão e acho que deu para vocês terem uma idéia geral sobre a pergunta título desta série de posts.Hoje, eu vou tentar responder àqueles mitos que vivem no imaginário da maioria dos brasileiros sobre os japoneses.

E, se você também tiver alguma pergunta em relação ao assunto, não se acanhe e mande um e-mail ou deixe um comentário aqui para a gente, viu?
Bem, vamos aos mitos!!!

– Noossa…esses japoneses são muito frios. Já viram o que elez fizeram na guerra? Mataram milhares! Atacaram Pearl Habour..

pearlharbor kamikaze
Guerra é horível, todo mundo sabe disso, mas em uma guerra, é matar ou morrer. Assim como os japoneses mataram muita gente, não só em Pearl Harbour, mas também na Coréia, China, Cingapura, etc, muitos deles foram mortos e executados e, no final das contas, quem sofre são as famílias. Não se deixe levar pelos filmes hollyoodianos, pois eles sempre mostrarão os EUA como a grande vítima do mundo. Aliás, tudo acontece lá, incluindo as invasões extraterrestres. Até hoje, aqui no Japão, tem muita gente que carrega as sequelas da guerra. Gente que tem sequelas físicas, outras, psicológicas. E, mesmo já tendo passado mais de 3 gerações, ainda é enorme o número de pessoas que desenvolvem câncer e outras enfermidades por causa da radiação da maldita bomba.

hiroshima3 hiroshima
Este assunto ainda é meio indigesto aqui no Japão, mas desde então, os japoneses mudaram muito a mentalidade e, hoje, não se fala outra coisa além de PAZ. É impressionante a fixação deles com a palavra PAZ (Heiwa). Recentemente, aconteceu aquela (dentre tantas outras) tensão entre o Japão e a China, por causa das benditas ilhas. E, diferente dos chineses, que estavam quebrando e boicotando tudo relacionado ao Japão em seu país, os japoneses entrevistados e, os que eu conheço, também, estavam pedindo pelo amor de Deus que não acontecesse nenhuma guerra. E, eles e orgulham muito da segurança e da paz que há aqui no Japão. E, não querem perder e nem ver aquele filme de horror se repetindo em sua história. Nem mesmo com os chineses, os quais eles não engolem muito, é verdade.

heiwa hiroshima4

Então, respondendo à pergunta, não se pode avaliar um povo de acordo com o que eles fizeram na guerra. Assim como os japoneses recebem este tipo de rótulo, o mesmo acontece com os alemães, eu creio.

Os japoneses são traiçoeiros! Sorriem na sua frente e quando você dá as costas, eles te dão uma punhalada!

punhalada
A prinícipio, pode até parecer. Todos (quase todos) são muito educados, gentis, estão sempre sorrindo. Muitas vezes, até mudam o tom de voz, o que faz com que pareçam ainda mais educados. Vide os atendentes de lojas. Mas, é claro que ninguém consegue ser assim 24 hrs por dia! Isso é uma falsidade?? Pode até ser. Mas, com certeza, para eles, não é. É uma ferramenta de comunicação importantíssima na sociedade japonesa chamada Tatemae. Enquanto o estrangeiro não entender o que é Tatemae e o que é Honne, dificilmente conseguirá espaço entre os japoneses. Mas, o que é o Tatemae? Tatemae é escrito pelos ideogramas 立前, que literalmente seria algo tipo: Aquilo que está em pé na sua frente. E, é bem isso mesmo! Seria uma espécie de máscara. A máscara que usamos para nos relacionarmos bem com as pessoas.

Me diga: No seu trabalho ou empresa, você fala tudo o que pensa e fala na cara do chefe e dos colegas que eles são uns malas e que você merecia ter uma salário muito mais alto, mas que como ele é um mão-de-vaca, você duvida muito que isso aconteça?? Duvido que fale. Pouquíssimos falariam. Mas..porquê? Porque não queremos gerar conflitos maiores. Queremos nos manter na posição, queremos continuar lá, etc. Viu?Isso é uma espécie de tatemae. Você usava (eu também uso direto) e nem sabia!
Na sociedade japonesa, o tatemae não é só feito por palavras, mas por atitudes, muitas atitudes.
Há um certo padrão de comportamento esperado por todos, principalmente nos locais de trabalho e, quem burla esse padrão é mal visto e, nos piores casos, pode ser vítima de bulying. Lembre-se que o bullying aqui não é só escolar. Então, muitas vezes, essa idéia que se tem no ocidente de que os ocidentais são traiçoeiros, é justamente porque eles usam demais este recurso chamado tatemae, usando pouquíssimo o honne. O Honne (本音) seria algo como o verdadeiro instinto ou a verdadeira essência. Ou seja: quem você é de verdade. E, esse, com certeza, seja no Brasil ou no Japão, poucas pessoas têm a oportunidade de conhecer o verdadeiro honne do outro. Muitas vezes, nem os maridos e esposas!

Para saber mais sobre o tatemae, clique aqui:

http://wlconline.drake.edu/japanese/2011/02/27/honne-tatemae/

Aqui no Japão, por ter padrõs mais rígidos de comportamento, é ainda mais difícil de ver o honne de alguém.
E quando eles usam o honne? Bem, geralmente, quando estão sozinhos com você em um ambiente fora do trabalho, como uma restaurante ou bar. Aliás, acho que esta é a principal razão pela qual eles gostam tanto de sair para beber com os colegas de trabalho. Porque quando bebem, eles podem falar tudo aquilo que pensam da pessoa. Podem falar sobre sua vida, podem jogar fora o Tatemae e colocar o Honne em cena. Porque no final, a culpa é toda do álcool, mesmo! Soa falso e hipócrita para você?Para mim tambpem, no início, mas hoje, já não me irrita tanto e infelizmente (ou felizmente) você acaba se acostumando.

Os japoneses são muito frios!Nem se beijam, sem se abraçam!

Bem, que eles não se beijam e não se abraçam, é verdade mesmo. Tanto que se você não entende nada de cultura japonesa e chega abraçando um japonês, corre o sério risco de ele se apaixonar por você! E, no casos dos rapazes estrangeiros, é muito comum ver as japonesas apaixonadas por eles, visto que eles as tocam, coisa que os japoneses não fazem. E, se fazem, já é logo caso de Sekuhara! (sexual harrassment).

sekuhara sekuhara2
Para ser bem sincera, até eu mesma, que nasci e fui criada num país onde todo mundo se beija e se abraça, quando algum japonês encosta a mão em mim, eu já fico de alerta, porque este comportamento é muito estranho mesmo, sobretudo quando parte de um homem para uma mulher. Mas, se um brasileiro ou qualquer outro ocidental me toca enquanto conversa comigo, talvez eu nem tenha a mesma reação.
Abraços e beijos realmente não são o forte deles. Até mesmo entre os casais, só mesmo os mais moderninhos é que têm coragem de se beijar em público e, isso ainda é muito raro por aqui, apesar de você ver alguns gatos pingados nas grandes cidades.
Abraçar também não é muito comum e, é mais fácil você ver dois homens se abraçando e se tocando do que tocando uma mulher, mesmo que seja a esposa. Mas, sinceramente, não acho que o fato de não abraçar e beijar em público, seja com seus amigos ou com seu namorado ou marido seja motivo para dizer que as pessoas são frias.
Atenção!! Se você está de olho em um japa e ele nunca te tocou, mesmo vocês já tendo saído juntos e, nem deu um beijinho, não desista do cara!
Ele pode gostar de você muito, sim! Mas, se ele realmente gosta e te vê como uma namorada, a princípio ele não vai conseguir te tocar e nem te beijar. Claro que há exceções, mas, não desista do carinha. A mente deles é beeeem diferente da maioria dos rapazes brasileiros. Deve ser justamente por isso que eu nunca tive um namorado brasileiro. Kakakakaa! Nunca entendi quando eles só queriam ficar ou namorar. Geralmente, descobria depois, quando o carinha nem ligava no dia seguinte. Ninguém merece.

No próximo post sobre a série, vou comentar os seguintes mitos:

1. Os japoneses são falsos. Já viu o sorrisinho deles?

2. Os japoneses são só eles! Não deixam ninguém entrar no grupo e nem fazem questão disso.

3. Os japoneses são muito racistas. Não casam com pessoas de outros países.

4.  Os japoneses são muito machistas! Já viram os casais? É o homem lá na frente e a mulher lá atrás!

Um abraço e até a próxima!!!!

by Tabibito

Anúncios

11 comentários

  1. Eu acho esse tatemae muito importante em todos os setores da vida! (nunca tinha ouvido essa expressão, mas tive q aprender a ser assim) Em casamentos, acho que por falta disso que muitos acabam pois a necessidade de serem verdadeiros demais acabam é por tratar o conjugue com desleixo, falta de respeito, acreditando q o outro tenha obrigação de te aceitar mesmo q ele se sinta incomodado, e isso com o tempo acaba por desgastar qualquer tipo de relacionamento, tanto os familiares, de amizade ou de um casal, sempre explico para minha filha q isso não é ser falso, pois ela fala q sou, pq eu posso estar nervosa como for se chegar alguém e falar comigo eu mudo e trato bem, e não acho q estou errada pois por isso dificilmente faço inimigos, pois eu sei q se eu fosse colocar para fora todos os meus lagartos não ia sobrar um ser vivo perto de mim kkkk tratar os outros bem acredito que seja uma questão de respeito e responsabilidade com o próximo, acho que por essa característica dos japoneses que a minha avó gostava tanto deles, ela sempre dizia que eram muito educados e simpáticos o que na verdade era também características dela, as vezes as pessoas falavam q se existisse vida passada ela era japonesa e ela ficava toda alegre com o comentário kkk e uma vez eu li alguns depoimentos de imigrantes do inicio do seculo passado e entre os depoimentos teve o de uma senhora japonesa que disse que quando chegaram os caminhões com imigrantes japoneses, italianos etc na região do interior de São Paulo as pessoas que os recepcionaram se surpreenderam com a organização deles tanto das crianças como adultos, enquanto os outros imigrantes vinham todos cantando e falando alto eles tinham uma ordem diferente tanto para sentarem, falar, eles faziam silencio, e eram mais centrados no trabalho e muito gratos a nova terra q lhes tinham ofertado, que para eles mesmo aq sendo uma selva era um pedaço do paraíso, e então as pessoas passavam a trata-los da mesma forma como eles os tratavam e com isso eles conseguiram conquistar um espaço importante dentro da nossa sociedade. Beijo Claudia

    Curtido por 1 pessoa

    • OI, Claudia!!! Obrigada pelo seu valioso comentario. Eh verdade. Muita gente no Ocidente considera os japoneses falsos justamente por nao entenderem essa cultura do “honne” e “tatemae”, mas eu tambem sou assim e isso me ajuda a viver em harmonia com todos os tipos de pessoas.Um abraco.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Bom estou vivendo com um japonês no Brasil ha 1 ano .. Sim ele é muito tímido, raramente me beija ou abraça.. Com o tempo comecei a compreende que é o jeito dele.. Mas isso me deixa mais apaixonada, ele é tímido porem super romântico.. Sempre me traz presentes flores quando chega do trabalho , cartinhas espalhadas pela casa , jantares que ele faz questão de preparar , massagens e outras coisas .. Isso os homens Brasileiros raramente faz ..

    Curtido por 1 pessoa

  3. adorei seu post !
    Em relaçaõ em ser frios eu acho que devem ser!
    Não entendo sempre mando alguns e mails para umas Japonesas mas eu não entendo nem gostam de responder!
    Asim vão acaber meu sonho de me casar com uma Japonesa!
    um abraço Walter JUnior

    Curtir

  4. Eu fico tao triste em saber que os japoneses ainda sofrem sequelas,por causa daquela bomba,realmente aquela historia do que aconteceu com eles é triste 😦

    Curtir

  5. Meu deus…. amei o post.

    Quanto li o post pensei assim ” aqui fala a voz da experiência”.

    Estando no Japão é mais fácil detectar essas coisas. Mas mesmo assim através de dramas japonês também da para notar alguns desses aspectos.

    Estou esperando ansiosamente pelos próximos post prometidos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s