Viagem pro Japão- O dilema: O que levar na mala??

Bom, essa é uma dúvida que paira na cabeça de todos aqueles que vem passar um bom tempo na chamada terra do Sol Nascente.
Não sei como está agora, mas geralmente, para o Japão, eles permitiam até duas malas de 32 kgs. O que aliás, para muitas meninas não é suficiente (eu me incluía nesse time).


Sei, também, que nessas viagens dá vontade de levar o quarto inteiro. Se eu pudesse, tinha trazido meu quarto e a minha cadelinha junto. Mas, mesmo que você tenha grana para fazer isso, se vem trabalhar aqui ou estudar, pode ter certeza que seu quarto do Brasil não vai caber no seu quarto do Japão. Como é de conhecimento geral, os apartamentos aqui são minúsculos. No meu, por exemplo, até a pia da cozinha da Barbie era maior que a minha. Se eu coloco duas panelas lá dentro, já encheu a pia! Aliás, essas panelas devem estar empilhadas, porque na horizontal, não cabe nada mesmo.


Quando vim a primeira vez, em 2000, acabei trazendo coisa demais e que nem usei. E, também acabei acumulando bagagem demais e uma amiga é que enviou as caixas para mim depois, por navio. Foram no total 6 caixas que chegaram, cheias de tralhas como cds, livros de língua japonesa e revistas das bandas que eu curtia na época. Profundo, não?? Teve uma caixa também só com roupas, mas a maioria eu acabei deixando aqui mesmo.
Dessa segunda vez, eu acabei trazendo algumas peças de roupas sociais, já que achei que fosse usar muito aqui e, nada! Cheguei no local de trabalho e fiquei passada com as roupitchas do povo, principalmente da mulherada. Ou seja, os 6 conjuntos de blazers e calças sociais que eu trouxe estão até hoje solitários no meu armário. Outro exemplo foram os casacos de frio que eu usava no Rio de Janeiro, comprados na Renner, em sua maioria e, que de nada me adiantaram no frio de matar que fazia quando cheguei aqui.
Você deve estar se perguntando: O que levar então, meu Deus!!!???


Primeira coisa que você deve ter em mente: Que o Japão tem as 4 estações bem definidas e que os códigos de vestimenta são bem diferentes dos do nosso país, mesmo para quem vive em regiões mais frias do Brasil.
Digamos que você não gosta de se vestir como uma piriguete e no Brasil e as pessoas até confundem você com os “crentes”, como faziam comigo. Mesmo assim…esqueça!As suas roupas ainda não estarão adequadas para serem usadas aqui. Mas…sabe aquela mini-saia (ainda tem hífen ou mudou??) que você comprou, depois achou curta demais e ficou guardada lá no armário?? Essa aí, você pode trazer!Aqui mostrar as pernas pode. Mas mostrar os braços e o colo não é muito bem visto. Acho que já comentei sobre isso num dos nossos primeiros posts.
Mas, o bom é não trazer muita roupa não, porque logo você vai perceber que a moda é totalmente diferente e vai começar a gostar disso e querer vestir a roupas daqui. O mesmo acontece com os rapazes, em sua maioria. E os sapatos?? Os nossos sapatos muitas vezes são melhores que os daqui. Os mais baratos aqui são Made in China e vão acabar em 2 meses. Se você gosta de qualidade, vai ter que desembolsar mais de 300, 500 reais para comprar um bom par de sapatos. E os sapatos que o povo usa aqui também são diferentes. Então, não é muito aconselhável trazer muitos sapatos. Porém….há uma ressalva: Apesar de hoje já termos japonesas bem altas e grandonas, a maioria das lojas dispõe, com muito custo, de números que vão até o 37 e, com muuuuita sorte, 38. Os rapazes é que passam aperto, porque é difícil encontrar números acima do 42. Com sorte e procurando na internet, até encontra. Mas, não é tão fácil assim.Já deixei de comprar vários sapatos belíssimos porque não tinha o número 37.

No caso dos rapazes acho que não tem muito problema, mas se você, menina, não gosta de usar calcinha estilo calçolão, que mais parece um short, então, a dica é: Traga bastante roupa íntima aí do Brasil. Aliás, o mesmo vale para os sutiãs. Mas,não tem aquelas lingeries em tamanho mínimo e bem sexy??Tem, com certeza. Mas, não é tão fácil assim de achar nos shoppings. E, sem contar que o tamanho japa, mesmo o das mais gordinhas, ainda é pequeno aí no Brasil.


Mas, você até acha tamanhos grandes, principalmente em lojas para gordinhas. Sim, temos isso aqui também, claro!Ou você acha que os únicos gordos aqui são os lutadores de sumô? Hahahaaa…
Bem sutiãs de tamanho GG você acha, mas quase todos tem enchimento, o que vai deixar seus seios ainda mais avantajados. Bom, aí, depende do gosto pessoal de cada um.

O melhor é trazer pouca coisa e ir adquirindo aqui aos poucos, principalmente por causa do “problema” das estações do ano.
Uma coisa que eu acho legal trazer mais de uma são as calças jeans ou quase jeans. Pode ser que você encontre seu número e goste das calças japonesas, mas a maioria delas é bem na cintura mesmo e paras nós, brasileiras, que temos um pouco mais de curvas, o caimento nem sempre fica legal. Aqui também é possível comprar jeans da Gap e Levis por um preço bem mais baixo que no Brasil. Então, pode ser uma pedida, também. maioria das estrangeiras que eu conheço compram calças na Gap.


Se você é brasileiríssimo e não vive sem um feijão, o que não é o meu caso, aconselho você a trazer também. Aqui até vende nos supermercados brasileiros, mas se você for para uma região onde ão há tantos brasileiros, talvez não encontre estes produtos e, se encontrar, vai encontrar umas marcas bem genéricas e com precinho salgado.
Se você é doido por café como eu, talvez demore a se acostumar com o chafé japonês. O cheiro do café aqui é maravilhoso e hoje, já acho gostoso também, mas no começo, nós que estamos acostumados com um Pilão, sentimos muito a diferença. Então, se você gosta de um café forte e encorpado, traga algumas caixas de Pilão para passar os primeiros meses.


Se você é mais morena e gosta de usar maquilagem, talvez tenha um pouco de dificuldade de encontrar algo no seu tom de pele aqui. Aqui a fixação da mulherada é ser branca, desbotada mesmo. Então, quase todos os cremes e pós faciais são nesse tom fantasmagórico. É possível achar bases mais escuras, sim, mas mesmo as escuras daqui ainda não claras para as morenas, mulatas e negras.

No momento, só me lembro disso. Se os nossos amigos leitores que já estiveram no Japão lembrarem de mais alguma coisa, é só deixar um comentário aqui!Um abraço e…ótima viagem!!!!

 

Anúncios

11 comentários

  1. Olá, tudo bem? Gostei muito do seu texto, me ajudou bastante.
    Uma dúvida que fiquei foi com base nos calçados, você disse que é mais caro e tal, mas eu queria saber de tenis de corrida, que adoro, é mais fácil de encontrar e mais barato? Tipo, adidas, Nike, mizuno etc… e absorvente e anticoncepcional é bom levar um estoque??? Obrigada desde já.

    Curtido por 1 pessoa

    • Ola, Jessica!Obrigada pela visita ao blog! Bem, como o post é antigo, hoje, posso garantir que no Brasil tudo está bem mais caro que no Japão. Sim, é fácil encontrar tênis de corrida tipo Adidas, Nike ou Puma. Bom, absorvente, você encontra dos mais diversos tamahos,tipos e marcas. Não sei dizer no caso dos absorventes internos, já que nunca usei no Japão. Em relação ao anticoncepcional, até seria bom levar um estoque, mas é bom saber o nome do princpal componente químico dele em inglês, pois fica mais fácil para o médic prescrever um outro, caso seja necessário. Um abraço e até a próxim!

      Curtir

  2. Olá. Estou com muita dúvida se pode levar o feijão na mala. Eu vi que tem o site do bompreço que vende mas é bem salgadinho e não conheço a marca porém vou pagar excesso pq de Tokyo para a cidade que vou morar é apenas uma mala de 23. Preciso fazer os cálculos se vale apena pagar o excesso ou comprar ai pelo site! O que você aconselha mais de comida para levar?
    Adorei suas dicas.

    Curtir

    • Oi, Karily!Obrigada pela visita e comentario!Olha,em 2007, quando me mudei para o Japao, eu levei sim e nao tive problemas. Nao sei o quanto as leis mudaram desde entao, mas acho que voce pode levar sim. Outra opcao eh comprar pela internet (Bom preco) depois que voce ja esitver no Japao. Eles mandam para todo o pais. Vale a pena se voce fizer compras do mes. Eu fazia assim e saia mais barato do que comprar no supermercado japones. Principalmente em relacao aos carnes. Um abraco!!

      Curtir

  3. Dia 30 estarei partindo para o Japão (20 dias) e ainda estou com a mala vazia e algumas roupas na cama. Para mim fazer a mala é um estresse em todas as viagens.
    Obrigada pelas dicas.

    Curtir

    • Oi, Beatriz! Obrigada pela visita. Para qual parte do Japao voce vai?? Na verdade, janeiro é um dos meses mais frios do Japão!!No Brasil é difícil encontrar agasalhos que sejam suficientes para enfrentar o frio japonês. A melhor opção é comprar lá mesmo. Se você quiser mais dicas sobre o Japão e o que levar, pode me mandar um email para: juinjapansince2007@gmail.com

      Curtir

  4. Hahaha, bastante útil! Mas devo levar mais roupa do que comprar pq o dinheiro é curto! Não faço ideia de que roupa usar no outono, no verdadeiro outono que os brasileiros não conhecem!

    Curtir

    • Pois eh…outono eh complicado mesmo.No incio tah quente ainda e ma jaqueta jeans eh suficiente. Mas, alguns dias voce percebe que esta sentindo muito frio com a jaqueta e comeca a usar casacos mais quentinhos. Mas, com o passar do tempo eles nao sao suficientes. Ai, voce vai e pega logo um casaco de inverno no armario e….passa um calor danado!E,claro, isso depende do horario do dia. De manha bem cedo e a noite, depois que o sol vai embora, esfria bastante. Durante o dia eh gostoso e ate quentinho, as vezes.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s