Namorando no Japão

     Namoro japonês


Sei que esse assunto aqui desperta a curiosidade e o interesse de muita gente. Quando eu sonhava em vir ao Japão, ainda na minha adolescência, quase nunca tinha ouvido relatos de meninas que haviam namorado ou casado com japoneses. E, eu sempre achei eles lindos. Não só os japoneses, mas também os coreanos e chineses. Hoje, já passei dessa fase para algo mais hard ou “濃い(koi)”como dizem os japoneses. Hoje faço mais a linha – Oriente Médio, Índia, Paquistão, etc. Mas, há 10 anos atrás, se vocês me perguntassem o meu tipo de rapaz predileto, com certeza ia sair algum nome de um artista japa ou oriental, como Kaneshiro Takeshi ou Sorimachi Takashi. Aliás, até hoje continuo achando esses dois artistas lindos.

Sorimachi Takashi
Kaneshiro Takeshi

Não sei se acostumei com o fato de viver rodeada de olhos puxados por todos os lados e trabalhar com eles todos os dias, durante 8 horas do meu dia, mas o encanto passou. Mas, vamos ao que interessa. Abaixo estão algumas das perguntas que mais me fazem desde que cheguei aqui no Japão. Vamos dar uma olhada!


1 – No Japão existe esse negócio de ficar??

Sim. Só não tem esse nome. Mas, o ficar ou passar uma noite sem compromisso, existe sim. Conheço um rapaz que esteve na famosa night de Roppongi e lá “ficou” com uma japa que deu em cima dele e, parece que o que o negócio não ficou só nos beijinhos, não. Há também uma outra estória verídica de um rapaz estrangeiro que estava no trem e dentro do trem, uma colegial japonesa perguntou se ele queria dormir com ela.
Ou seja: O “ficar” existe sim, mas há lugares específicos para isso, como discotecas ou motéis.
O quê??? Você disse…mo…motel?? Sim!!! Veja a próxima a pergunta que você vai entender:

2- O que rola no “ficar” japonês???

Bem, depende da sua disposição. Pode rolar só o beijinhos e uns abraços, mas também pode chegar às vias de fato. Na minha época de adolescente no Brasil, quando começou esse lance de “ficar”, o ficar era só beijinho, abraço e pronto!Hoje em dia não sei como está. Se alguém puder me esclarecer este ponto, agradeço. Mas, aqui no Japão, é comum , sim, o ficar incluir o ato sexual. Aqui, como vocês sabem, não é comum expressar os sentimentos em público. Muito menos o contato físico. Não tem esse negócio de tocar enquanto fala ou conversa com a pessoa. É muito raro isso. Só entre pessoas muuuito amigas e íntimas. Se alguem japonês vem colocando a mão no seu ombro, costas ou cintura, cai fora, porque ele tá só tirando casquinha!!!Agora, se isso não é um problema para você e você também quer tirar uma casquinha dele..então…se joga!

Voltando ao assunto…como o contato físico é mínimo aqui no Japão, e eles acariciam muito mais os bichos de estimação do que as pessoas, quando um japonês beija alguém na boca, isso para ele já é a preliminar de uma relação sexual, na maioria dos casos. E, aquela velha estória do…ajoelhou, agora vai ter que rezar!
3 – Acho que um japonês gosta de mim. Eu também gosto dele. Já saímos juntos várias vezes, mas ele até hoje não me beijou. Será que ele tá a fim mesmo?

Olha, tudo aqui no Japão é muito vago. Difícil saber quando um japonês está querendo ou não alguma coisa. Mas, geralmente, se um japonês já saiu contigo várias vezes e até hoje aindanão te beijou, é porque, provavelmente, ele está muuuuito a fim!Sim!Mais que a fim!Ele gosta de você mesmo!! Se ele te beijar no primeiro encontro, desconfie. Mas, se ele demorar vários encontros para te dar um primeiro beijo ou dizer o famoso “suki desu” (Gosto de você), então, pode já se considerar namorando o carinha! Quanto mais eles gostam, mais difícil é de se declarar para a garota. Chega a ser fofo isso, não? Aquela coisa bem de anime japonês. Sim, isso ainda existe. Aliás, eu sempre preferi assistir novelas asiáticas do que as nossas brasileiras, justamente por que a asiáticas ainda preservavam essa coisa romântica e fofa. E, que muitas vezes é considerado brega no ocidente. Mas, sejamos sinceros: o amor pode até ser brega, mas a gente nunca desiste dele, né?

4 – Os casais japoneses se beijam em público? Pode andar de mãos dadas? 

Bom, vamos primeiro ao quesito “andar de mãos dadas”. Poder, pode sim, claro. Beijar em público, também. Ninguém vai te prender por isso. Você não está na Arábia Saudita. Você está no Japão. Por mais hardcore que seja esta sociedade, comparada com alguns países, pode parecer um paraíso. Então, beijar em público e andar de mãos dadas pode sim. Só que quase ninguém faz. Por que? Porque não se vê ninguém fazendo. Então, se ninguém faz, a pessoa também não quer ser a primeira a fazer. E, segundo: Geralmente aqui no Japão se tem a idéia de que essas coisas são muito pessoas e devem ser feitas a quatro paredes e não para um público. Principalmente o beijar. Outro dia eu vi um casal bem jovem trocando um beijo caliente dentro de uma estação de metrô de Nagoya, no horário de pico!!!Queria ter tirado uma foto, mas ia pegar mal. Então, deixei meu celular quietinho na bolsa.

E o andar de mãos dadas? Hoje em dia é muito mais comum do que há 10 anos. Hoje difícil é não ver um casal jovem, na casa dos 20 sem estar de mãos dadas. Mas, geralmente, casados não andam de mãos dadas e, nem o pessoal acima de 30. Claro que isso não é uma regra, mas parece que depois mais velhos eles se sentem bem envergonhados em fazer esse tipo de coisa.
Agora….se você ver um casal não tão jovem, trocando carícias ou andando abraçado à noite, na rua, pode contar que eles estão bêbados!Sim, não é exagero meu. Já cansei de ver por volta de 20:00, 21:00 da noite casais onde a moça estava bêbada e o rapaz trêpado. Ou, a moça ainda sóbria e o rapaz trêpado, abraçando e até….beijando ela em público

Meu ex, o qual eu chamo de “falecido, era japonês. E, ele morria de vergonha de andar de mãos dadas pela rua. Ele não era de beber, e, nem levava jeito pra coisa. Com pouco álcool ele já ficava alto. Mas, eu percebia que ele estava bêbado quando depois que saíamos do restaurante ou bar, ele  resolvi andar de mãos dadas comigo, abraçava ou até beijava!
Acham que eu ficava feliz? Claro que não! Achava deprimente o fato de ele ter que precisar de álcool para poder demonstrar um simples gesto de carinho.

Os homens japoneses são cavalheiros? São machistas?

Não percam o próximo post onde vou responder a todas estas perguntas. Um abraço e até a próxima!!!

Anúncios

3 comentários sobre “Namorando no Japão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s